1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Justiça condena quadrilha por fraude no vestibular da PUC-GO

Por Lucas Silva 27 Março 2021 Publicado em Estado
Votao
(0 votos)
Lido 53 vezes

A justiça federal condenou 10 pessoas acusadas de montarem um esquema para fraudar o vestibular do curso de medicina da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO). Os envolvidos vendiam os gabaritos das provas por R$ 80 mil e, de acordo com as investigações, também atuaram em outros estados e no Distrito Federal.

 

O esquema foi descoberto durante a aplicação do vestibular de 2015. De acordo com o inquérito e com investigações da própria universidade, um grupo de pessoas especializadas se inscrevia para o certame, respondia as questões de suas áreas de conhecimento e saíam nas primeiras três horas da prova.

 

Depois disso, o gabarito era montado e enviado para candidatos que ainda faziam as provas. Segundo as investigações, quatro alunos que já cursavam medicina na universidade participaram do esquema, se inscrevendo pra vestibulares de baixa concorrência apenas para ter acesso às questões da prova.

 

O líder do esquema condenado a quatro anos e sete meses no regime semiaberto pelos crimes de associação criminosa e fraudes em certames de interesse público. Os outros condenados tiveram as penas privativas de liberdade em restritivas de direito.

 

De acordo com o juiz responsável pelo caso, Alderico Rocha Santos, a conduta dos condenados prejudicou tanto os outros candidatos quanto a própria PUC-GO. “Não há dúvida de que a conduta dos acusados causou sérios prejuízos aos demais candidatos inscritos nos vestibulares em comento e também à Pontifícia Universidade Católica de Goiás que deixou de realizar as duas provas semestrais seguintes, previstas no calendário acadêmico”, disse o magistrado.

 

 

Fonte: Mais Goiás