1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE
K2_DISPLAYING_ITEMS_BY_TAG CNH social

Termina nesta quarta-feira (07) o prazo para que os três mil classificados na terceira edição do programa CNH Social efetuem a matrícula on-line. Instituído pelo Governo de Goiás, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), o programa oferece à população de baixa renda a oportunidade de obter gratuitamente a primeira habilitação e adicionar ou mudar a categoria da carteira. O não cumprimento do prazo gera a perda do benefício.

 

A lista com o nome dos classificados foi divulgada no último dia 23 de março, exclusivamente no site www.detran.go.gov.br. Os selecionados têm de efetuar a matrícula e imprimir o comprovante, que deve ser entregue com toda a documentação exigida em uma das unidades do Detran, Ciretrans ou Vapt Vupt. Durante o atendimento presencial, será aberto o Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach), que é o início do processo. 

 

A entrega da documentação e a abertura do processo devem ser feitas até o dia 22 de abril. De acordo com a coordenadora do programa, Ednalva Garcia, os inscritos devem ficar atentos aos prazos para evitar desclassificação. "A maioria das unidades atende com horário marcado, por isso, o interessado deve agendar o atendimento presencial o quanto antes", pontua a coordenadora. 

 

Os inscritos devem acessar o site do Detran-GO, clicar na aba "CNH Social" e conferir a lista dos classificados. Quem tiver com o nome da lista, deve clicar em matrícula e preencher corretamente todos os campos solicitados. O candidato que não cumprir os prazos ou não apresentar a documentação exigida será desclassificado. As vagas remanescentes serão destinadas a uma lista de segunda chamada que deve ser publicada no dia 30 de abril.

 

 

Fonte: Portal Goiás

K2_PUBLISHED_IN Estado

O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) divulgou, nesta terça-feira (23), a lista dos 3 mil classificados para a terceira edição do programa CNH Social. Foram quase 42 mil inscritos para essa edição do programa, que oferece à população de baixa renda a oportunidade de obter a CNH. Os classificados têm o prazo de 15 dias para efetuar a matrícula online e até 30 dias para entregar a documentação necessária.

 

Segundo o Detran, a matrícula deve ser feita pelo site do órgão, www.detran.go.gov.br. Já a documentação deve ser entregue em um dos postos de atendimento presencial, garantindo a vaga. O Detran ressalta que o descumprimento do prazo resulta na desclassificação do classificado.

 

É preciso, no entanto, ter atenção ao esquema de atendimento. De acordo com a coordenadora do CNH Social, Ednalva Garcia, a maioria das unidades atende com horário marcado e, por isso, “o interessado deve agendar o atendimento presencial o quanto antes”.

 

Confira a lista aqui!

K2_PUBLISHED_IN Estado

Os interessados em conseguir gratuitamente a permissão provisória para dirigir, adicionar ou mudar a categoria da Carteira Nacional de Habilitação devem ficar atentos. Termina na próxima semana, dia 17, o prazo de inscrição para quem deseja concorrer a uma das 3 mil vagas que estão sendo oferecidas na terceira etapa do programa CNH Social.

 

Implantado pelo Governo de Goiás, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), o programa oferece à população de baixa renda a oportunidade de tirar a primeira habilitação, adicionar ou mudar a categoria da Carteira Nacional de Habilitação gratuitamente. As inscrições podem ser realizadas exclusivamente pelo site www.detran.go.gov.br.

 

Para se inscrever é necessário ter idade igual ou superior a 18 anos, saber ler e escrever e possuir cadastro ativo nos programas sociais do governo federal (CadÚnico). O interessado deve acessar o site www.detran.go.gov.br, clicar na aba “CNH Social” e preencher o formulário com as informações solicitadas.

 

Cada pessoa poderá se candidatar em apenas uma das modalidades do programa, dividido em Estudantil, Urbana e Rural. Os contemplados recebem isenção de taxas como inclusão no Renach, Licença de Aprendizagem de Direção Veicular, agendamento de prova teórica, agendamento de exame prático, exame médico e psicológico.

 

Por meio de parcerias com os Centros de Formação de Condutores (CFCs), são oferecidos ainda o curso teórico de legislação de trânsito, as aulas práticas de direção e até três retestes gratuitos.

 

#Com informações do Portal Goiás

K2_PUBLISHED_IN Estado

Nova chamada em aberto para a CNH Social em Goiás. Nessa semana, o governo estadual informou que estará selecionando 3 mil cidadãos para participar do programa de habilitação gratuita. Os interessados deverão se cadastrar pela internet, atendendo a critérios específicos.

 

Nessa edição, serão concedidas 3 mil vagas para os motoristas que desejarem tirar a carteira de habilitação nas categorias A ou B, a adição das categorias A ou B ou a mudança de B para D.

 

As informações de candidatura e cadastro ficarão disponíveis no site do Detran, a partir desta terça-feira (16). Entre os informes, serão solicitados documentos de identificação social, comprovante de renda e residência. Ao todo, a seleção contará com as seguintes 3 modalidades, sendo elas:

 

Estudantil: os estudantes devem ter entre 18 e 25 anos, estar com cadastro ativo no CadÚnico, ter cursado e concluído o ensino médio na rede pública estadual. Para esta modalidade, um dos critérios de desempate será a nota média apurada pela Secretaria de Educação do Estado de Goiás.

 

Modalidade urbana: é preciso saber ler e escrever, ser inscrito no CadÚnico e morar em cidade.

 

Modalidade rural: é preciso morar na zona rural, estar inscrito no CadÚnico e saber ler e escrever.

 

Além disso é importante ressaltar que os candidatos não tenham tentado participar do projeto nos últimos 12 meses e não apresentem nenhum histórico de infração de trânsito.

 

Aqueles selecionados terão o direito de tirar a Carteira Nacional de Habilitação de forma 100% gratuita.

 

Fonte: DFR

K2_PUBLISHED_IN Estado