1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Júri dos acusados de matar Valério Luiz é adiado após defesa de ex-presidente do Atlético-GO deixar plenário e ser multada em R$ 121 mil

Por Lucas Silva 02 Maio 2022 Publicado em Estado
Votao
(0 votos)

O julgamento dos cinco réus por matar o radialista Valério Luiz foi adiado pela terceira vez em Goiânia. A informação foi divulgada pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) e o adiamento aconteceu após a defesa de Maurício Sampaio, ex-presidente do Atlético-GO, abandonar o plenário. De acordo com o Tribunal de Justiça de Goiás, os advogados foram multados em cem salários mínimos, cerca de R$ 121 mil.

 

O MP-GO informou que o júri foi remarcado para o dia 13 de junho. O júri já foi adiado uma vez por causa da pandemia da Covid-19 e outra após o então advogado do cartorário e vice-presidente do Conselho Administrativo do Atlético-GO Maurício Sampaio, acusado de encomendar o crime, desistir da defesa.

 

A defesa de Maurício Sampaio alega que o juiz não é imparcial. Os advogados dizem que o magistrado já deu declarações contra o ex-presidente do Atlético-GO e já foi advogado em um processo contra ele.

 

O julgamento era presidido pelo juiz Lourival Machado da Costa. Valério Luiz foi morto a tiros no dia 5 de julho de 2012, na Rua C-38, no Setor Serrinha, em Goiânia. Ele estava dentro do próprio carro, saindo da rádio em que trabalhava, quando foi baleado por um motociclista que passou pelo local.

 

O promotor Sebastião Marcos Martins lamentou o novo adiamento, mas disse que isso não atrapalha a estratégia da acusação.

 

“É uma estratégia. Isso demonstra que eles estão perdidos no processo”, disse.

 

Ele ressaltou ainda que existem provas da ligação dos réus com o crime, mas que isso será exposto quando o júri popular acontecer de fato.

O promotor afirmou que não é possível ainda determinar se haverá um novo adiamento futuramente. “O juiz determinou que seja chamado um defensor público para o Maurício Sampaio. Então, essa questão de todos os acusados terem advogados presentes será superada. Mas todo processo tem recursos”, ponderou.

 

G1 Goiás

Instagram Radio EldoradoTwitter Radio Eldorado

 

Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro

Real Pax