1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Wanderson Protácio, autor de triplo homicídio em Corumbá, é encontrado morto em cela de Aparecida

Por Lucas Silva 18 Janeiro 2022 Publicado em Estado
Votao
(0 votos)
Lido 193 vezes

Wanderson Mota Protácio, 21, foi encontrado morto na cela que ocupava no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na manhã desta terça-feira (18). Ele foi preso acusado após confessar ter matado a namorada, a enteada e um idoso em Corumbá de Goiás. Óbito foi confirmado pela Diretoria Geral de Administração Penitenciaria (DGAP).

 

De acordo com o órgão, o preso estava sozinho em uma cela. O corpo dele foi encontrado por servidores do Núcleo de Custódia durante o procedimento de entrega do desjejum. O Instituto Médico Legal foi até o local para a retirada do corpo. O caso foi informado à Polícia Civil.

 

Relembre os crimes de Wanderson Protácio em Corumbá de Goiás

 

Segundo a Polícia Civil, em 28 de novembro de 2021, Wanderson matou, a facadas, a namorada Ranieri Aranha Figueiró, de 21 anos, que estava grávida de quatro meses, e a filha dela, Geysa Aranha da Silva Rocha, de dois anos e nove meses. Os crimes foram cometidos na fazenda onde eles moravam, em Corumbá de Goiás.

 

Após o duplo homicídio, o suspeito foi até a chácara de seu patrão, furtou um revólver e invadiu uma fazenda vizinha, onde matou, com um tiro na cabeça, Roberto Clemente de Matos, de 73 anos.

 

Wanderson também tentou estuprar a mulher do idoso, que reagiu, foi baleada no braço e se fingiu de morta. Além do homicídio e da tentativa de assassinato e de estupro, o homem roubou uma camionete do casal, que foi abandonada na madrugada seguinte perto de Corumbá de Goiás.

 

Suspeito foi convencido a se entregar por mulher que pretendia assaltar

 

Procurado por policiais civis e militares durante quase uma semana, Wanderson perambulou por várias propriedades rurais, mas se entregou na manhã do dia 4 de dezembro, depois de ser convencido por uma mulher que tentou assaltar em uma propriedade na zona rural de Gameleira de Goiás.

 

Desde então, ele estava recolhido no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, onde foi encontrado morto na manhã de hoje.

 

Fuga pela mata fez Wanderson ser comparado a Lázaro

 

O fato de fugir a pé por uma zona rural de difícil acesso fez com que Wanderson Protácio acabasse sendo comparado a Lázaro Barbosa, de 32 anos, homicida, que, em junho do ano passado, fugiu para uma mata em Corumbá de Goiás depois de assassinar quatro pessoas de uma mesma família em Ceilândia, no Distrito Federal.

 

Após 20 dias do maior cerco já registrado em Goiás, que contou com a participação de mais de 200 policiais, Lázaro foi localizado, e morreu após trocar tiros com uma equipe da Polícia Militar na manhã do dia 28 de junho.

 

Mais Goiás

Instagram Radio EldoradoTwitter Radio Eldorado