1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Justiça indeniza trabalhador após receber marmitas vencidas no trabalho em Rio Verde

Por Lucas Silva 27 Outubro 2021 Publicado em Região
Votao
(0 votos)

O juízo da 1ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região condenou uma empresa de engenharia por trabalhador que recebia marmita vencida em Rio Verde, tendo que indenizá-lo em cinco vezes o valor do último salário. 

 

Na decisão, os desembargadores da Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho de Goiás (TRT-18) aumentaram o valor da indenização de R$ 1,1 mil para R$ 5,8 mil.

 

Segundo testemunhas que foram apresentadas, disseram que as refeições eram inapropriadas para consumo, com purê de batata ou feijão que estavam estragados e que a carne era servida crua ou com aspecto azulado.

 

No processo, foi comprovado que a empresa fornecia alimentação imprópria para consumo dos trabalhadores, expondo-os a riscos desnecessários, como intoxicações. 

 

A empresa alegou que fornecia marmitas frescas e limpas, com base nas orientações da nutricionista. Mas o relator sustentou que as provas citadas nos autos são documentos unilaterais, citando apenas um lado, o que demonstrou que as refeições estavam impróprias para serem consumidas. 

 

"Assim, correta a sentença que afirmou a existência dos elementos configuradores da conduta ilícita causadora de dano moral e ensejadora de sua reparação", considerou o relator.

 

Fonte: Jornal Somos

Instagram Radio EldoradoTwitter Radio Eldorado

 

Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro

Real Pax