1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

MP denúncia homem que teria matado companheira e escondido o corpo em cisterna

Por Lucas Silva 25 Junho 2021 Publicado em Segurança
Votao
(0 votos)
Lido 252 vezes

O juiz Jesseir Coelho de Alcântara, acatou as denúncias relacionadas a Sebastião Carlos Lima da Silva, preso suspeito de matar a ex-mulher, Eliene da Silva Dourado, de 45 anos, em Goiânia e jogar o corpo dela na cisterna.

 

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), juntou ao processo o caso de outra mulher, Dayanne Pereira da Silva, para mostrar que é a segunda vez que Sebastião Carlos Lima da Silva comete feminicídio.

 

Segundo o MP, no dia 23 de novembro de 2018, Sebastião invadiu a casa da ex-companheira, Dayanne Pereira da Silva, agrediu e a ameaçou de morte.

 

“O acusado desferiu diversos socos e chutes em Dayanne, a arrastou pelo chão e passou a enforcá-la com as mãos instante em que ela desmaiou. Consta ainda, que o filho do casal, de apenas 8 anos, ao visualizar as agressões perpetradas por seu genitor, pediu “solta minha mãe, solta minha mãe”, diz o MP.

 

De acordo com a investigação, a criança pediu ajuda a uma vizinha que os abrigou e acionou a Polícia Militar (PM).

 

Ao oferecer a denúncia o MP requereu decretação da prisão preventiva do acusado, visando a garantia da ordem pública e para assegurar a aplicação da lei penal.

 

A justiça aceitou a denúncia do MP-GO, e com base nos artigos 311 e seguintes do Código de Processo Penal, “converto a prisão temporária de Sebastião Carlos Lima da Silva em prisão preventiva, com base na garantia da ordem pública e para assegurar a aplicação da lei penal”, decidiu o juiz Jesseir.

 

Sebastião foi preso na manhã do dia 8 de junho pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na Via Dutra, em Santa Isabel, Região metropolitana de São Paulo. Ao ser parado o suspeito afirmou que saiu de Goiânia e seguia para o Rio de Janeiro em busca de emprego. A PRF confirmou com o delegado responsável pelo caso em Goiânia que se tratava do fugitivo e prendeu o fugitivo em flagrante.

 

Fonte: DM

 
Instagram Radio EldoradoTwitter Radio Eldorado