1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Ronaldo Caiado assina carta de governadores que denunciam estímulo a motins de PMs

Por Lucas Silva 30 Março 2021 Publicado em Política
Votao
(0 votos)
Lido 119 vezes

Em dia quente em Brasília, com intensa pressão sobre Jair Bolsonaro (sem partido) e troca de seis ministros no Governo Federal, Ronaldo Caiado (DEM), que ainda se apresenta como principal aliado ao presidente entre governadores, assinou uma carta assinada por outros 15 gestores estaduais que denuncia a ação de autoridades federais para estimular motins policiais nos Estados.

 

O documento conclama o presidente Jair Bolsonaro, o comando do Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF) a combaterem ameaças e “fake news” de que os governadores vêm sendo alvo. O próprio presidente já disseminou, seja em discursos ou em postagens, informações falsas sobre o trabalho nos estados, principalmente no que se refere ás medidas de isolamento social e o repasse de verbas federais.

 

A carta aponta que parlamentares estão envolvidos em atos “ilegais e imorais” que “violam os princípios da lealdade federativa”. Duas deputadas federais bolsonaristas, Bia Kicis (PSL-SP), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), e Carla Zambelli (PSL-SP) vêm criticando governadores que determinam medidas restritivas para tentar conter a explosão de casos de covid-19 e o colapso do sistema de saúde.

 

Irritação

 

“Os governadores manifestam sua indignação em face da crescente onda de agressões e difusão de Fake News que visam a criar instabilidade institucional nos Estados e no País”, diz a carta. “Alguns agentes políticos espalham mentiras sobre dinheiro jamais repassado aos estados, fomentam tentativas de cassação de mandatos, tentam manipular policiais contra a ordem democrática, entre outros atos absurdos.”

 

Fonte: Sagres Online