1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Ao menos 20 pessoas fingiram atuar na saúde para se vacinar em Ceres, diz promotor

Por Lucas Silva 12 Fevereiro 2021 Publicado em Saúde
Votao
(0 votos)
Lido 105 vezes

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) já identificou ao menos 20 pessoas que fingiram atuar em hospitais de Ceres para serem vacinadas contra a Covid-19 na cidade. Segundo o órgão, os próprios donos das unidades de saúde fraudaram documentos para que familiares fossem imunizados. Investigados podem pagar multa de R$ 50 mil cada pela ‘furada de fila’.

 

O promotor de Justiça Marcos Alberto Rios explicou que o caso foi descoberto após denúncias de moradores da cidade, além de publicações nas redes sociais de jovens sendo vacinados, mesmo não integrando o grupo prioritário de imunização. A partir das denúncias, o MP solicitou a lista dos vacinados no município.

 

O documento só foi disponibilizado 10 dias após a solicitação. Ao analisar a lista, o promotor percebeu que figuras conhecidas na cidade haviam sido vacinadas de forma irregular. “Fazendeiros, empresários… gente rica sendo colocada falsamente como auxiliar de serviços gerais que atuam em hospitais, mas que na verdade não trabalham nessa função”, disse.

 

Fonte: Mais Goiás