1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

MP-GO faz nova denúncia contra João de Deus por estupros cometidos com a ajuda de guias de turismo

Por Marcelo Justo 14 Janeiro 2020 Publicado em Região
Votao
(0 votos)
Lido 131 vezes
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativa Reprodução

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) denunciou João de Deus, pela 12ª vez, por crimes sexuais durante atendimentos espirituais em Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal.


Desta vez, dois guias de excursão também foram responsabilizados por suspeita de acobertar os estupros cometidos contra duas turistas do Rio Grande do Sul.


“Os guias eram coniventes e atuavam energicamente para que elas não interrompessem o ‘tratamento’. Chegavam a dizer que eles também já tinham passado por este processo de ‘cura’, mas que era praticado por outro homem e não João Faria”, relata a promotora de Justiça Renata Caroliny Ribeiro e Silva.


João de Deus está preso há mais de 1 ano e nega ter cometido os crimes.


O advogado de João de Deus, Anderson Van Gualberto, disse que a defesa ainda não foi intimada sobre esta nova denúncia, mas que, "de antemão, caso esta denúncia tenha sido desenhada com os mesmos contornos das anteriores, não terá melhor sorte nos tribunais superiores, pois o MP vem fazendo verdadeiro malabarismo jurídico para tentar prevalecer a qualquer custo as imputações criminais inverídicas".


A 12ª denúncia foi feita ao Poder Judiciário no dia 26 de dezembro, mas divulgada apenas nesta segunda-feira (13).


A juíza Rosângela Rodrigues afirmou que recebeu o documento, mas, por enquanto, não vai se pronunciar sobre o caso, pois corre segredo de Justiça.


Fonte: G1 Goiás (com adaptações)

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado2