1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Atvos, do grupo Odebrecht, entra com pedido de recuperação judicial

Por Marcelo Justo 30 Maio 2019 Publicado em Brasil
Votao
(0 votos)
Lido 1901 vezes
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativa Reprodução

Segunda maior produtora de etanol do país, a Atvos entrou com pedido de recuperação judicial nesta quarta-feira (29/05).


A companhia pertence ao grupo Odebrecht e se chamava Odebrecht Agroindustrial até 2017.


O pedido de recuperação ocorreu após a gestora de fundos norte-americana Lone Star ter conseguido na justiça brasileira uma ordem de bloqueio do caixa da Atvos no início desta semana, segundo a agência Reuters.


Em janeiro, a Odebrecht propôs a credores no Brasil a entrega do controle da Atvos em troca por uma redução na dívida de R$ 12 bilhões da companhia.


"Este processo é resultado da investida hostil de um fundo internacional, credor da Atvos, que por meio de processo judicial colocou em risco as operações da empresa", informou a Atvos por meio de nota.


Após a justiça aceitar o pedido de recuperação judicial, a empresa terá 60 dias para apresentar um plano.


A empresa
A Atvos tem 11 anos de atuação e mais de 11 mil funcionários, gerando mais de 40 mil empregos diretos e indiretos.


Na safra de 2019/2020, deve moer cerca de 27 milhões de toneladas de cana.


A empresa atua em quatro Estados: São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás e tem 9 unidades agroindustriais.


Além de etanol, a empresa produz açúcar e energia gerada a partir de biomassa.


Tem capacidade para moer 36 milhões de toneladas de cana-de-açúcar e para produzir 3 bilhões de litros do combustível, e 700 mil toneladas do adoçante.


Fonte: G1 Agro (com adaptações)

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado2