1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Israelenses deixam Brasil após quatro dias de resgate em Brumadinho

Por Marcelo Justo 01 Fevereiro 2019 Publicado em Brasil
Votao
(0 votos)
Delegação de Israel Delegação de Israel Reprodução/Agência do Rádio

Quatro dias depois de chegarem ao Brasil para oferecer apoio às operações de resgate e ajudar na localização de vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho, a delegação de Israel irá deixar o país nesta quinta-feira (31/01).


Os israelenses já deixaram a cidade e receberam uma homenagem do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais manhã desta quinta, no quartel do 12º Batalhão do Exército Brasileiro, em Belo Horizonte.


O grupo estrangeiro contava com 136 pessoas e chegou ao Brasil na noite de domingo (27), com 16 toneladas de equipamentos.


Assim que chegaram, os militares analisaram mapas e fotografias para analisar a topografia da área e seguiram, na manhã de segunda-feira, para Brumadinho.


A delegação era composta por médicos, engenheiros, bombeiros especialistas em busca e resgate e integrantes da unidade de missões submarinas da Marinha israelense.


Eles trouxeram aparelhos capazes de detectar sinais de celular e identificar um corpo humano na lama, por exemplo.


A chegada dos militares causou certo desconforto. Isso porque o comandante das operações de resgate do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Eduardo Ângelo, chegou a dizer que os equipamentos trazidos de Israel não eram efetivos para esse tipo de desastre.


O militar se referia à câmera térmica usada pelos israelenses para encontrar pessoas soterradas.


Mesmo com as críticas, os israelenses localizaram 15 corpos nas primeiras 24 horas de trabalho, segundo informação divulgada pelo Corpo de Bombeiros.


Até o momento, nenhum balanço oficial foi feito sobra a operação israelense em solo brasileiro. Ouça áudio abaixo.


Rádio Eldorado, com informações da Agência do Rádio

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado1

Mídia