1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Defesa de Lula apresenta últimas alegações no caso do sítio em Atibaia

Por Marcelo Justo 09 Janeiro 2019 Publicado em Política
Votao
(0 votos)
Luiz Inácio (PT) Luiz Inácio (PT) Reprodução

A defesa do ex-presidente Lula voltou a se manifestar sobre a ação penal que envolve o sítio de Atibaia (SP).


No inicio desta semana, os advogados entregaram as alegações finais no caso em que o petista é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro.


Nesse processo, Lula é acusado de ter sido beneficiado pelas empreiteiras OAS e Odebrecht com serviços feitos na propriedade rural que ele frequentava.


No documento, que contém 1.634 páginas, a defesa de Lula afirma que o crime de corrupção já prescreveu.


O argumento é de que os fatos correspondem ao período de 2003 a 2010, quando o petista era presidente da República.


Os advogados também alegam que Lula já passou dos 70 anos de idade.


Além de pedir a absolvição do ex-presidente, a defesa ainda critica o ex-juiz Sérgio Moro – agora ministro da Justiça - a atual juíza responsável pelo caso, Gabriela Hardt, e o presidente da República, Jair Bolsonaro.


Lula está preso em Curitiba desde abril do ano passado, condenado no processo que envolve o tríplex no Guarujá (SP).


A pena atribuída ao ex-presidente foi de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ouça áudio abaixo.


Rádio Eldorado, com informações da Agência do Rádio

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado1

Mídia