1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Gleisi Hoffmann descarta apoio à reeleição de Rodrigo Maia na presidência da Câmara dos Deputados

Por Marcelo Justo 04 Janeiro 2019 Publicado em Política
Votao
(0 votos)
Gleisi Hoffmann (PT) Gleisi Hoffmann (PT) Reprodução

A aproximação do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, com Rodrigo Maia (RJ) afastou o que ainda havia de possibilidade de ajuda do PT para manter o deputado do DEM na presidência da Câmara dos Deputados.


A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, disse nesta quinta-feira (03/01) que “o PT não vai participar de um processo com o PSL para formar um bloco pró-governo."


Segundo a deputada federal eleita pelo Paraná, algumas lideranças do partido conversaram com Rodrigo Maia.


Para Gleisi, a aproximação do PSL com Maia atrapalha a adesão de partidos de esquerda à candidatura do presidente da Câmara.


Isso, na avaliação dela, fortalece a criação de um bloco com PT, PSB, PDT, PSOL e PCdoB.


Outra sigla que já tem nome para concorrer à presidência da Câmara é o PSOL.


O deputado federal Marcelo Freixo lançou sua candidatura, e, apesar de não descartar apoio a ele, Gleisi Hoffmann afirma que ainda é cedo para falar em nomes.


Toda a discussão de apoio passa pela ocupação de cargos na Mesa Diretora da Câmara e nas comissões.


O PSL, por exemplo, prevê a presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e da Comissão de Finanças e Tributação (CFT).


O partido de Bolsonaro também almeja a 2ª vice-presidência, responsável pelo ressarcimento das despesas médicas dos deputados. Ouça áudio abaixo.


Rádio Eldorado, com informações da Agência do Rádio

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado1

Mídia