1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

PF faz busca em endereços ligados ao advogado de agressor de Jair Bolsonaro

Por Marcelo Justo 24 Dezembro 2018 Publicado em Polícia
Votao
(0 votos)
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativa Reprodução

A Polícia Federal (PF) cumpre dois mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior, responsável pela defesa de Adélio Bispo, autor da facada no presidente eleito Jair Bolsonaro.


Os locais são o escritório e uma empresa do advogado, ambos na Grande BH.


Segundo a PF, o objetivo da operação da última sexta-feira (21/12) é tentar descobrir quem estaria financiando a defesa de Adélio Bispo, autor confesso do atentado ocorrido no dia 6 de setembro.


Durante a ação, Oliveira Júnior afirmou que acompanhou todo o trabalho da PF.


O advogado disse ainda que não pode revelar o nome de que o contratou para defender Adélio por questão de sigilo.


Um segundo inquérito foi aberto para dar continuidade às investigações, com o intuito de apurar se houve “participação de terceiros ou grupos criminosos” no atentado ao político.


Adélio Bispo foi indiciado por prática de atentado pessoal por inconformismo político. O crime está previsto na Lei de Segurança Nacional.


No primeiro inquérito, a PF concluiu que o criminoso agiu sozinho e que a motivação “foi indubitavelmente política”.


O agressor foi preso em flagrante logo após atingir a região abdominal de Jair Bolsonaro com uma faca. Ele está detido no presídio de segurança máxima de Campo Grande.


A facada causou lesões no intestino de Bolsonaro e ele teve que passar por cirurgias na cidade mineira e em São Paulo.


O presidente eleito ainda vai passar por um novo procedimento para a retirada da bolsa de colostomia. Ouça áudio abaixo.


Rádio Eldorado, com informações da Agência do Rádio

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado1

Mídia