1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

PC prende suspeitos de fraudar contas de energia elétrica e causar prejuízo de até R$ 200 mil por mês, em Goiás

Por Marcelo Justo 05 Julho 2018 Publicado em Estado
Votao
(0 votos)
Lido 206 vezes
Policiais civis Policiais civis Reprodução/TV Anhanguera

A Polícia Civil (PC) realiza nesta quinta-feira (05/07), uma operação contra suspeitos de fraudar contas de energia elétrica em Goiânia e outras cidades do interior, gerando prejuízos mensais de até R$ 200 mil.


De acordo com a corporação, o esquema contava com ajuda de funcionários da Enel Distribuição Goiás.


Os investigadores apuraram que os suspeitos transferiam dívidas de clientes com a empresa para pessoas já mortas. Por e-mail, a Enel falou que contribui com a investigação e que foi a responsável por denunciar a fraude. A empresa não informou sobre a situação dos funcionários identificados como suspeitos de participar do esquema.


Ao todo, foram expedidos 18 mandados de busca e apreensão e 18 mandados de prisão para a operação que ganhou o nome de "Apolo".


No início da manhã, dez pessoas já tinham sido presas. A ação ocorre também em Aparecida de Goiânia, Nerópolis e Anápolis.


A investigação durou cinco meses e identificou 44 pessoas envolvidas com o esquema, incluindo técnicos, captadores de clientes, um "coordenador" do esquema e beneficiados pela extinção das dívidas.


Fonte: G1 Goiás (com adaptações)

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado1