1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Morte do cantor sertanejo Leandro completa 20 anos

Por Marcelo Justo 24 Junho 2018 Publicado em Cinema & TV
Votao
(0 votos)
Lido 428 vezes
Leandro Leandro Reprodução

Brincalhão com os amigos, mas tímido com os fãs, o sertanejo Leandro começou a carreira de cantor na plantação de tomate dos pais, em Goianápolis, a 47 km da capital.


Ele e o irmão Leonardo cantavam desde pequenos e fizeram uma história de sucesso na música brasileira durante 15 anos.


A trajetória da dupla foi interrompida por um câncer raro que levou Leandro à morte aos 36 anos, em 23 de junho de 1998, em São Paulo.


Luiz José da Costa, como foi batizado, nasceu em 15 de agosto de 1961 e foi criado com os outros sete irmãos na cidade do interior.


A cidade é conhecida como a capital brasileira do tomate.


O cantor é descrito por pessoas próximas como um homem de hábitos simples, extrovertido com os íntimos e muito reservado com quem ainda não conhecia.


Na época de menino, ele e Emival Eterno da Costa, que viria a ser sua dupla com o nome artístico de Leonardo, já ouviam os ídolos Chitãozinho e Xororó e recebiam o incentivo do pai, o lavrador Avelino Virgulino da Costa, que estava sempre acompanhado de um violão.


O câncer
No auge da carreira, em 1998, Leandro foi passar uns dias com amigos em sua fazenda no Tocantins e se queixou de dores no peito.


Depois de uma semana, durante uma visita à cidade natal, o cantor voltou a se sentir mal durante um jogo de truco.


Preocupado com a saúde, ele foi atrás de saber o que era e, em 21 de abril daquele ano, Leandro recebeu o diagnóstico de tumor de Askin.


Segundo a família, na época, ele era o sexto caso da doença, em adultos, no mundo. O cantor, então, foi para São Paulo, onde passou pelo tratamento.


Durante um dos jogos do Brasil na Copa de 1998, que Leandro acompanhava do apartamento na capital paulista, ele pediu à assessora Ede Cury uma bandeira.


Durante um programa Domingão do Faustão, ela conta que o levou um manto verde e amarelo que tinha em casa porque não teria como comprar uma bandeira na rua e entregar a ele sem esterilizar.


Momentos depois, ele apareceu na sacada, já careca e envolto no tecido.


O adeus a Leandro
No dia 23 de junho de 1998, quando os brasileiros se preparavam para assistir à seleção brasileira enfrentar a Noruega, pela Copa do Mundo, na França, foi divulgada a notícia da morte do cantor.


O Brasil parou para acompanhar o despedida do ídolo, que, após uma semana internado, não resistiu ao tumor.


Fonte: G1 Goiás (com adaptações)

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado1