1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Ações da Petrobras caem mais de 14% após pedido de demissão de Parente e puxam queda da Bovespa

Por Marcelo Justo 01 Junho 2018 Publicado em Economia
Votao
(0 votos)
Lido 219 vezes
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativa Reprodução

O principal índice de ações da bolsa brasileira (B3), o Ibovespa, que chegou a operar acima de 1% nesta manhã, passou a cair nesta sexta-feira (1º), após o pedido de demissão de Pedro Parente da presidência da Petrobras.


A baixa é puxada pela forte queda das ações da estatal, que passava de 14%. Perto das 12h20, o Ibovespa caía 0,87%, aos 76.088 pontos.


Assim que a Petrobras anunciou a saída de Parente, por meio de fato relevante ao mercado, a negociação das ações da companhia foi interrompida.


A Bovespa informou que se trata de um protocolo sempre que uma empresa emite um fato relevante ao mercado durante o pregão. As negociações foram retomadas por volta de 12h15.


As ações preferenciais da estatal, que dão preferência de distribuição de dividendos, caíam 14,6% por volta de 12h20. Esses papéis chegaram a subir mais de 3% nesta manhã.


Já as ações ordinárias, que dão direito de voto em assembleias da empresa, caíam 14,3%, após alcançar alta de cerca de 2% pela manhã.


Nos Estados Unidos, os ADRs, recibos de papéis da Petrobras que são negociados na Bolsa de Valores de Nova York, caíam mais de 14% por volta de 12h15.


O executivo estava à frente da petroleira e maior estatal brasileira há exatos 2 anos.


O pedido de demissão acontece em meio aos desgastes e pressões sofridos por Parente durante a greve dos petroleiros m razão das críticas à política de preços de combustíveis adotadas pela Petrobras na sua gestão.


Cenário local e externo
As atenções estão divididas entre o mercado externo e o noticiário corporativo doméstico, à medida que as empresas começam a calcular os prejuízos após os 11 dias de greve dos caminhoneiros, segundo a Reuters.


O movimento ocorre a despeito dos dados do mercado de trabalho americano, que mostraram criação de 223 mil vagas em maio, acima do previsto, e taxa de desemprego de 3,8%, a mais baixa em 18 anos.


O evento tem força para tirar o ímpeto da bolsa brasileira porque números mais fortes podem representar a necessidade de alta de juros nos Estados Unidos, o que leva a um enxugamento da liquidez global.


Último pregão
Na quarta-feira (30), o índice fechou em queda de 0,90%, aos 76.753 pontos. No mês, a bolsa perdeu 10,87%.

 

Leia também:
Pedro Parente pede demissão da Petrobras


Fonte: G1 Brasília (com adaptações)

ibovespa 2018

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado1