1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

TECNOSHOW 2018 | Apesar de queda na produção de grãos, palestrante prevê safra rentável este ano

Por Marcelo Justo 12 Abril 2018 Publicado em Agricultura
Votao
(0 votos)
Lido 368 vezes
Soja Soja Reprodução/TV Anhanguera

A expectativa para a safra de 2018 é que seja “a segunda melhor da história”, segundo Anderson Galvão, CEO da Célere, empresa de consultoria em agronegócios.


Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apontam queda em relação ao ano anterior, mas avaliação do especialista é que, vendendo a preços melhores, o produtor tenha bons resultados.


Ele abordará o tema durante sua palestra na Tecnoshow Comigo, nesta quinta-feira (12/04).


Segundo Anderson Galvão, a produtividade deste ano deve ser a segunda melhor dos últimos cinco, com 226 mil toneladas de todos os tipos de grão.


O número representa queda em relação a 2017, que resultou em 237 mil toneladas. Ainda assim, ele avalia que as condições são favoráveis para o produtor.


“O agricultor não vai sentir essa queda porque os preços estão melhores. Houve uma seca na Argentina recentemente, que acabou beneficiando o produtor brasileiro, que está vendendo os grãos a preços melhores. A taxa de câmbio também se sustentou em preços que beneficiam o agricultor”, avaliou.


O especialista disse ainda que as principais produções de grãos em Goiás, que são de soja e milho, têm sido boas por causa do clima favorável e de investimentos do produtor.


Anderson pontuou que, ao longo dos últimos anos, o agricultor tem melhorado a administração dos negócios e passado a crescer mais.


“O agricultor, gradualmente, tem melhorado em alguns aspectos. Ano após ano, a produtividade de saca de milho soja tem crescido. O produtor tem melhorado a qualidade da gestão. Ele tem visto, cada vez mais, que não tem uma fazenda e sim uma empresa, então, tem investido em gestão e tecnologia”, afirmou.


O especialista aborda ainda discussões internacionais que podem afetar positivamente o mercado brasileiro. Segundo ele, pode haver mais espaço para o comércio com a China nos próximos meses.


“O ponto de discussão quente dessa semana é a disputa comercial entre China e EUA, que influencia no comércio de soja e milho. Os EUA anunciaram uma série de proteções comerciais contra produtos chineses e a China também criou medidas de proteção sobretaxando soja, frango e carne suína americana, o que e abre espaço no mercado chinês”, concluiu.


Perspectivas e cenários para a safra brasileira
Data: Quinta-feira (12 de abril)
Local: Auditório 1 da Tecnoshow 2018 no Centro Tecnológico Comigo (CTC) - Rio Verde – GO (Anel Viário Paulo Campos, Km 7, Zona Rural)
Horário: 14h
Entrada gratuita


Leia também:
TECNOSHOW 2018 | Monsanto apresenta a produtores goianos nova tecnologia para soja


Fonte: G1 Goiás (com adaptações)

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado1