1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Erro na cobrança da fatura do celular é a maior reclamação recebida pela Anatel

Por Marcelo Justo 05 Abril 2018 Publicado em Brasil
Votao
(0 votos)
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativa Reprodução/Agência do Rádio

De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), existem cerca de 200 milhões de aparelhos celulares registrados no Brasil e o erro na cobrança das faturas é o principal motivo para reclamações dos consumidores.


É o que explica o superintendente executivo da autarquia, Carlos Baigorri.


“Nas reclamações de telefonia celular, a maior reclamação dos consumidores está associado com erros de cobranças, erro em fatura. Se for pré-pago, ele vê que o crédito dele desapareceu, e aí ele entra em contato com a operadora, para ver o quê que está acontecendo, se a operadora não resolver o problema dele, ele pode entrar em contato com a Anatel, ele dá o número do protocolo da operadora para a Anatel, e a Anatel vai atrás da operadora para garantir que a operadora responda o consumidor no prazo adequado de cinco dias”.


A aposentada Enedina Alves de Sena, de 66 anos, moradora do Distrito Federal, foi uma das pessoas que recebeu cobrança indevida na fatura de celular.


Segundo ela, ao reclamar, a resposta da operadora foi que ocorreu um erro no sistema.


“Eu fiz um plano, né? Assinei um plano de tal valor, aí quando vem a fatura, vem com outro valor diferente. Aí a gente vai reclamar, e eles falam que é o sistema da empresa que é aquele. Aí você tem que questionar, questionar, até chegar em um acordo”.


De acordo com uma pesquisa de satisfação e qualidade dos serviços de telecomunicação, divulgado recentemente pela Anatel, o estado com o serviço de celular pós-pago melhor avaliado foi o Amazonas, onde obteve 7,23 pontos.


Entre as prestadoras, a melhor avaliada, com 8,32, foi a Porto Seguro, que opera nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. E, seguida vem a Vivo, com 7,26; e a TIM, com 7,16.


Está em tramitação no Congresso o Projeto de Lei 6621, de 2016, que pretende aprimorar a gestão das agências reguladoras, a fim de dar mais autonomia, transparência nas atividades e evitar que essas autarquias sofram interferência do setor privado.


De acordo com o relator do PL, Danilo Forte, do DEM do Ceará, a instalação da comissão especial deve ocorrer nesta semana.


“Eu fui convidado pelo presidente Rodrigo Maia para ser o relator da matéria; a gente está marcando a pauta para quarta-feira, para a instalação da comissão especial, para cumprir todos os ritos do processo legislativo, para que a gente possa concluir até o final deste semestre”.


A Lei de Regulamentação das Agências Reguladoras é uma das 15 propostas que devem ser votadas ainda neste ano pelo Congresso. Ouça áudio abaixo.


Rádio Eldorado, com informações da Agência do Rádio

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado1

Mídia