1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Atvos é a primeira empresa de biomassa do Brasil com certificado de energia renovável

Por Marcelo Justo 22 Março 2018 Publicado em Agricultura
Votao
(0 votos)
Lido 321 vezes
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativa Reprodução

A Atvos é a primeira empresa geradora de energia de biomassa do Brasil a conquistar o Certificado Internacional de Energia Renovável.


Concedido à Unidade Conquista do Pontal, o selo permite que a empresa passe a emitir I-RECs (Certificado Internacional de Energia Renovável, do inglês International Renewable Energy Certificate) ao mercado.


Localizada em Mirante do Paranapanema (SP), a unidade exporta um volume de 360 mil MWh de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar por safra.


Coordenado pelo Instituto Totum, o Programa de Certificação visa fomentar o mercado de energia gerada a partir de fontes limpas e com alto desempenho em termos de sustentabilidade.


“O objetivo dos certificados é reduzir as emissões de CO2 geradas pelo consumo de energia elétrica, garantindo a origem renovável. Somente com esse produto, evitamos anualmente a emissão de 1,2 milhão de toneladas de CO2 na atmosfera. Desta forma, as empresas comprometidas com as questões climáticas têm uma solução disponível de fácil acesso e a custos competitivos”, afirma Mônica Alcântara, responsável por Sustentabilidade da Atvos.


O I-REC é uma plataforma internacional de transações que permite aos consumidores adquirirem o certificado de uma energia de fonte renovável rastreada para compensar as emissões pelo consumo de energia de origem fóssil ou de difícil comprovação de origem.


Com isso é possível alcançar metas de aumento de energia renovável para grandes empresas energo-intensivas, sem a necessidade de investimento em geração de energia própria. Cada I-REC equivale a 1 MWh de eletricidade produzida a partir de fontes renováveis.


“É muito importante que o mercado possa contar com mais uma fonte de energia renovável, uma vez que a demanda de consumidores tem crescido, além de o certificado agregar valor à imagem da organização que os adquire”, diz Fernando Lopes, sócio-diretor do Instituto Totum.


Conforme explica Luiz Henrique Dias, líder da área de Energia da Atvos, a certificação confere garantia ao cliente de que a Unidade Conquista do Pontal atende a critérios de sustentabilidade, assim como agregação de todos os atributos ambientais.


“Como cogeramos cerca de 2 mil GWh de energia elétrica por safra, em todas as nossas unidades, o potencial para este mercado é muito grande e crescente”, destaca.


O Brasil é o país mais avançado na área de biocombustíveis e possui a matriz energética mais limpa do mundo. Em volume, é o segundo maior produtor mundial de etanol e biodiesel e apresenta grande potencial de ampliação do uso de recursos renováveis no consumo total de energia, considerando outros bioenergéticos.


Sobre a Atvos
Fundada em 2007, a Atvos atua na produção e comercialização de etanol hidratado e anidro, açúcar VHP e energia elétrica a partir da biomassa.


A empresa tem nove unidades agroindustriais localizadas em quatro Estados brasileiros (Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo) e conta com uma atuação focada no tripé competitividade, sustentabilidade e valorização das pessoas.


Sobre o Totum
O Instituto Totum é um Organismo de Certificação que atua no mercado de auditoria independente, selos e programas de autoregulamentação, desde 2006, gerenciando mais de uma dezena de selos e programas de certificação nos mais variados segmentos.


Fornece soluções integradas aos clientes, desde a concepção até a execução de projetos concebidos para integrar e desenvolver cadeias de negócios através de selos e certificações setoriais.


Leia também:
Grupo Odebrecht troca nome de empresa de bionergia


Fonte: Assessoria de Imprensa Atvos

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado1