1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Ministério da Saúde mantém rotina de vacinação contra febre amarela, em Goiás

Por Marcelo Justo 23 Janeiro 2018 Publicado em Saúde
Votao
(0 votos)
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativa Reprodução

Apesar do estado de Goiás não estar entre as regiões onde, atualmente, circulam o vírus da febre amarela, permanece a rotina de vacinação normal.


É importante que todas as pessoas do estado tomem uma dose da vacina contra febre amarela para estar protegido durante toda a vida.


A coordenadora nacional do Programa de imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues, explica que o Sistema Único de Saúde (SUS) está preparado para identificar as pessoas que podem receber a vacina.


“Os serviços de saúde irão fazer a triagem para identificar aquele grupo que poderá receber a dose padrão como aquele que receberá a dose fracionada. Então se a pessoa tem qualquer doença, ela deve chegar ao serviço de saúde e informar para que o serviço avalie, inclusive, se ela não pode tomar a vacina. Então se você conhece o seu estado clínico, a sua condição de estar tomando algum remédio neste momento, é importante que ao chegar à fila para ser vacinado, que você informe ao serviço de saúde, que ele vai poder avaliar se você pode ou não receber a vacina”, pontuou.


Carla Domingues afirma ainda, que o Brasil tem estoque suficiente para vacinar toda a população recomendada nas áreas afetadas, além de garantir doses para a vacinação de rotina nos outros estados.


“É importante deixar claro que o estoque de vacina do Brasil é o maior estoque de vacina do mundo. Nenhum país tem a quantidade de vacina que nós temos para a febre amarela, principalmente porque nós temos um laboratório produtor nacional. A dose fracionada, o objetivo dela é justamente o contrário: não haver o desabastecimento. Nós precisamos vacinar mais de 20 milhões de pessoas agora, em um curto prazo de tempo, e ainda temos de manter a rotina de vacinação nos 3.600 municípios que fazem a vacinação de rotina da febre amarela”, concluiu.


Vale destacar que o vírus da febre amarela é transmitido pela picada do mosquito infectado. A doença não é passada de pessoa a pessoa, e a vacina é a melhor forma de prevenção. Ouça áudio abaixo.


Para saber mais sobre a situação da febre amarela em todo o país, acesse www.saúde.gov.br


Rádio Eldorado, com informações da Agência do Rádio

00 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado1

Mídia