1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Quatro cidades de Goiás estão entre as 30 mais violentas do país, aponta Ipea

Por Marcelo Justo 07 Junho 2017 Publicado em Segurança
Votao
(0 votos)
Lido 2384 vezes
Arma de fogo Arma de fogo Reprodução/TV Anhanguera

As cidades de Novo Gama, Luziânia, Senador Canedo e Trindade estão entre as 30 mais violentas do país, segundo levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).


O resultado do levantamento foi divulgado no inicio desta semana, mas, os dados se referem ao ano de 2015.


Chamado de Atlas da Violência 2017, o estudo foi feito em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O levantamento considera cidades com mais de 100 mil habitantes.


Na 20º posição no ranking nacional, Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal, lidera a lista dos municípios mais violentos de Goiás, a soma da taxa de homicídios e o número de Mortes Violentas com Causa Indeterminada (MVCI) aponta 75 mortes a cada 100 mil habitantes.


A cerca de 30 km de Novo Gama, Luziânia é considerada a 21º cidade mais violenta do país e a segunda no estado. O município tem uma taxa de 74,7 mortes a cada 100 mil habitantes.


Moradora de Luziânia, a comerciante Ane Ramos reclama da insegurança. "Eu fico com medo constante", revelou.


Na 24ª colocação nacional e 3º no estado, está Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia, com índice de 73,7 mortes. Logo depois está Trindade, cidade considerada a 26ª mais violenta do país e 4ª no estado, com 69,8.


O G1 entrou em contato com as prefeituras de Novo Gama, Luziânia, Senador Canedo e Trindade, mas não obteve um posicionamento sobre o Atlas até a publicação desta reportagem.


Mortes em Goiás
O estudo também aponta que aumentou 104,2% o número de homicídios em Goiás entre 2005 e 2015. Ao longo desta década, 24.095 pessoas foram mortas em território goiano.


Sobre os dados estaduais, a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP) afirma que os índices no estado também estão reduzindo, "quando se compara o período de janeiro a maio de 2017 com o mesmo período de 2016, Goiás alcançou redução de 17,6%" nos homicídios.


A SSPAP destaca também que, "com a realização de ações policiais integradas de repressão qualificada, está conseguindo retirar uma grande quantidade de armas irregulares das ruas. Este ano, já foram apreendidas cerca de 2 mil armas".

1cidades mais violentas oficial

000 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado

FAMP
Produção de Spots
camara-em-destaque
Vida Nossa de Cada Dia