1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Morre Zé da Estrada, dupla de Pedro Bento

Por Marcelo Justo 06 Junho 2017 Publicado em Música
Votao
(0 votos)
Zé da Estrada, 88 anos Zé da Estrada, 88 anos Reprodução/Tv Tem

Zé da Estrada, dupla sertaneja de Pedro Bento, morreu na manhã desta segunda-feira (05/06), em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.


Um comunicado na página da dupla informou que o cantor, de 88 anos, estava internado há alguns dias na UTI de um hospital em São José do Rio Preto.


"Informamos a todos os amigos, fãs e companheiros que faleceu nessa madrugada (05), o nosso querido Zé da Estrada. Que ele fique nas mãos de Deus, levando a sua alegria e cantando no céu".


O corpo de Waldomiro de Oliveira, nome de batismo de Zé da Estrada foi velado na tarde desta segunda-feira em Riolândia (SP). O enterro acontece também na cidade, na manhã desta terça-feira (06), às 10h.


Sertanejos usaram as redes sociais para lamentar a morte do artista, que faz parte da história da música sertaneja.


"Que tristeza saber que perdemos mais um cerne da música caipira. Zé da Estrada sempre será pra mim uma referência de respeito à arte", escreveu Cesar Menotti.


"Antigamente nem em sonhos existia, tantas pontes sobre os rios, nem asfalto nas estradas...a gente usava 4 ou 5 sinoeiros pra trazer os pantaneiros ... Hoje o céu recebe mais um dos desbravadores da música raiz... descanse em paz Zé da Estrada", lamentou Capataz, dupla de Carreiro.


Tiago, da dupla com Hugo, também prestou homenagem. "Pedro Bento e Zé da Estrada! Perdemos mais um grande artista que fez história na música sertaneja. Zé da estrada, um artista que sempre esteve presente em meus gostos musicais através das influências vindas do meu pai! Desde os 3 anos de idade cresci ouvindo, vendo o amor que a familia carregava por eles, por ele. Todos os shows estava lá, eu e meu pai pra acompanhar. Meu pai vestido no traje mexicano também por ser fã ao cúmulo! Assim minha mãe brincava, que se Pedro Bento e Zé da Estrada morrerem, seu pai morre também! A influência foi tanta que em meus shows hoje em dia toco trompete por causa da paixão por eles. Sendo assim, posto essa foto com saudades e lamentando muito a morte desse que merece infinitos aplausos. Vai com Deus, Zé!".


Fonte: G1 SP (com adaptações)

000 A Banner WhatsAppecontatos RadioEldorado

Mídia

FAMP
Produção de Spots
camara-em-destaque
Vida Nossa de Cada Dia