1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Comandante-geral da PM goiana refuta boatos sobre paralisação da corporação

Por Marcelo Justo 17 Fevereiro 2017 Publicado em Polícia
Votao
(0 votos)
Lido 302 vezes
coronel Divino Alves coronel Divino Alves Reprodução

O coronel Divino Alves de Oliveira, comandante geral da Polícia Militar em Goiás (PM-GO), refutou veementemente os boatos veiculados por meio de redes sociais — especialmente pelo WhatsApp — de que a Polícia Militar de Goiás paralisaria suas atividades, a exemplo do que ocorreu no Espírito Santo.


“Reafirmo enquanto comandante geral da Polícia Militar de Goiás: não existe a menor possibilidade de tal fato acontecer aqui no nosso Estado”, ressaltou.


Nos últimos dias tem sido compartilhado um áudio atribuído a um suposto policial militar goiano que pede por um ato paredista dentro da corporação. A mensagem causou pânico na população, visto que a paralisação ocorrida no Espírito Santo provocou uma onda de crimes e mortes desde o dia 3 deste mês.


Segundo Divino Alves, os áudios difundidos pela Internet foram, na verdade, gravados em Minas Gerais.


“Estão colocando como se fossem manifestações de policiais militares goianos. São mentiras fraudulentas, que pessoas mal intencionadas estão colocando em redes sociais”, afirma.


O comandante frisa que a Polícia Militar está atuando normalmente, por meio do policiamento ostensivo preventivo, e salienta que a corporação continuará a cumprir sua atribuição constitucional.


“A população de Goiânia, a população de Goiás pode e deve confiar na sua Polícia Militar”, assegura.


Fonte: Mais Goiás (com adaptações)

000-A-Banner WhatsAppecontatos-RadioEldorado

FAMP
Produção de Spots
camara-em-destaque
Vida Nossa de Cada Dia