1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Petrobras reduz subsídio do gás de cozinha, que poderá ficar mais caro neste mês

Por Marcelo Justo 02 Novembro 2016 Publicado em Economia
Votao
(0 votos)
Lido 380 vezes
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativa Reprodução

A Petrobras informou nesta semana que alterou os contratos de fornecimento de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha.

 
Segundo a estatal, alguns subsídios dados às distribuidoras foram reduzidos, o que poderá elevar o preço do botijão. Hoje, os preços são livres.


Caberá às distribuidoras e revendedoras decidir se absorverão o possível aumento causado pelo fim dos incentivos ou se repassarão o custo aos consumidores, de acordo com a petroleira.


O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou por meio de nota que desconhece eventuais impactos nos custos das suas associadas ou mesmo em suas políticas de preços.


Por isso, considera cedo e irresponsável falar em impacto no varejo, já que o preço do GLP é livre, não sujeito a tabelamentos, cabendo ao consumidor final pesquisar o melhor serviço e preço (Veja a nota na íntegra ao final da reportagem).


Questionada sobre a medida se traduzir em um corte de despesas, a Petrobras disse que alterou os contratos de fornecimento para "melhor refletir custos de logística que tipicamente deveriam por elas ser cobertos, mas que eram suportados pela companhia".


Veja a nota do Sindigás:
"É fato que a Petrobras notificou as empresas distribuidoras de Gás LP, por meio do seu canal cliente, sobre novos preços que deverão ser praticados já no dia 1º de novembro de 2016. Assim, concebemos que a causa do possível aumento deve ter relação com os novos contratos da Petrobras.


Destacamos que o Sindigás desconhece os eventuais impactos desses novos contratos nos custos das suas associadas, ou mesmo em suas políticas de preços. Por essa razão, entendemos que é cedo e irresponsável afirmar que haja real impacto no varejo, lembrando que o preço do GLP é livre, não sujeito a tabelamentos, cabendo ao consumidor final pesquisar o melhor serviço, não necessariamente, somente, o melhor preço".


Fonte: G1 SP (com adaptações)

000-A-Banner WhatsAppecontatos-RadioEldorado

Vida Nossa de Cada Dia
Produção de Spots