1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

 

Um grave acidente matou duas pessoas por volta das 15h30 de ontem, na BR-158, próximo ao córrego Três Barras. As vítimas, Edmar Martins de Melo, 33 anos, e Rubens Lopes Ribeiro, 37 anos, estavam em uma caminhonete F-1000, de Alto Taquari-MT. Os dois morreram no local do acidente e a caminhonete ficou totalmente destruída.

 

Segundo testemunhas, a caminhonete seguia no sentido Paranaíba–Aparecida do Taboado quando, antes da curva que tem próximo à ponte do córrego Três Barras, tentou ultrapassar um caminhão boiadeiro de José Bonifácio. No outro sentido, seguia uma carreta bi-trem, do Rio Grande do Sul. O motorista da caminhonete tentou voltar para a sua pista, bateu na traseira do caminhão boiadeiro que estava à sua frente, rodou, bateu no bi-trem que subia no sentido contrário e voltou para a pista da direita. Neste momento, um outro bi-trem que seguia atrás da caminhonete foi atingido de frente por ela. Do início do acidente até o local onde o último bi-trem e a caminhonete pararam uma distância de cerca de 300 metros, próximo à ponte do córrego.

 

O acidente aconteceu quando começava a chover em Paranaíba. Por cerca de uma hora e meia o trânsito ficou interrompido e uma fila de mais de um quilômetro formou-se dos dois lados da rodovia.

 

Os corpos das vítimas foram removidos rapidamente e levados para Paranaíba. O Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar Rodoviária, Polícia Militar de Paranaíba e os peritos trabalharam no local do acidente.

 

A reportagem do Tribuna Livre acompanhou o trabalho da polícia e colheu as informações junto às pessoas que estavam nos veículos que se envolveram no acidente. A informação era de que a caminhonete estava em alta velocidade e o seu motorista tentava fazer uma ultrapassagem em local proibido, sem condições de visibilidade.

 

Tribuna Livre

 

K2_PUBLISHED_IN Região

Médicos de Mineiros reclamam de procedimento de outro medico e enfermeiras de Costa Rica-MS , segundo o B.O registrado por um medico de Mineiros o caso se deu quando o Sr.Gilmar Rodrigues de Carvalho de 48 anos chegou ao hospital trazido por uma ambulância da cidade de Costa Rica-MS com parada cardiorrespiratório em estado de choque.

Segundo o Medico que recebeu o paciente houve um procedimento de muita irresponsabilidade por parte do colega de profissão, segundo relatou a policia o medico e as duas enfermeiras que o acompanharam desde a cidade vizinha, não fizeram a entrega do paciente ao medico Cardiologista para informá-lo sobre quais medicamentos foram ministrados ao paciente e qual a evolução do quadro do paciente.

Segundo o medico cardiologista o paciente somente foi “largado” em estado gravíssimo na porta do hospital samaritano e foram embora, diversas tentativas foram feitas para salvar a vida de Gilmar, mas o mesmo veio a óbito poucos minutos após dar entrada no pronto socorro do hospital.

Segundo o B.O, o medico e as enfermeiras prestam serviço no hospital publico da cidade de Costa Rica-MS e cobraram R$ 2.400,00 pelo atendimento prestado a Gilmar.

K2_PUBLISHED_IN Mineiros
Página 13 de 13