1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

João Paulo Faria Ferreira Adorno, de 25 anos, natural de Tupaciguara (MG), foi a vítima fatal de um acidente de trânsito na madrugada desta quinta-feira (19). A tragédia ocorreu por volta das 0h20, entre os trevos do DAIM e da Meire, na BR-364.

Segundo informações da equipe de resgate do Corpo de Bombeiros (6ª CIBM), o acidente envolveu um ônibus e um Fiesta, o qual ficou desfigurado. Os bombeiros informaram que ao chegarem ao local, encontraram os veículos do lado esquerdo da pista, sentido Mineiros/Jataí. No Fiesta estava João Paulo já em óbito e tragicamente preso às ferragens. O acidente teria ocorrido por conta de uma suposta invasão de pista do Fiesta.

O ônibus da Viação Rotas estava em Porto Velho (RO) e seguia para São Paulo (SP). Ele estava completamente lotado, com cerca de 38 passageiros, os quais ficaram presos ao ônibus. A porta estava emperrada. Os bombeiros tiveram que arrancar a porta para a saída dos viajantes. Felizmente, ninguém do ônibus se feriu. Mas, infelizmente, mais um morador de Mineiros perdeu sua vida na perigosa BR-364.

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

A mãe do governador de Goiás, Marconi Perillo, morreu na madrugada desta quarta-feira (18), no Hospital Santa Helena, em Goiânia. Maria Pires Perillo, de 74 anos, lutava contra um câncer e teve falência múltipla dos órgãos por volta das 3h da madrugada. O velório ocorre desde 7h30 no Cemitério Parque Memorial, na saída para a cidade de Bela Vista. O sepultamento será às 17h de hoje.

Perillo pode voltar a falar à CPI mista que investiga as relações entre o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com políticos e empresários. O governador, que já prestou depoimento à CPI em junho, é suspeito de ligações com o contraventor. O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) protocolou na terça (17) requerimento para reconvocar Perillo para que preste depoimento.

Neste fim de semana, reportagem da revista "Época" mostrou relatório da Policia Federal segundo o qual Perillo tinha um "acerto" para receber propina da Construtora Delta, através de Cachoeira, em troca da liberação de pagamentos por serviços da empreiteira prestados ao estado. A propina, de R$ 500 mil, teria sido embutida no pagamento a Perillo por meio da venda de sua casa, a mesma em que o bicheiro foi preso.

Perillo classificou como “infame e desleal” a afirmação de um suposto acerto para que o atual governo do estado pagasse em dia as faturas da empresa Delta. Em nota enviada à imprensa na segunda (16), ele reafirmou não ter tratado da venda da casa com a empreiteira nem com o contraventor.

O PSDB reafirmou na terça ter "total confiança" no tucano. O presidente da sigla, deputado Sérgio Guerra (PE), disse que o partido "não tem dúvidas" acerca do governador e criticou o trabalho do PT no controle da CPI, que, para ele, deixou de investigar Cachoeira e a Delta para atacar Perillo. O líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias (PR), disse que o partido não é contra a investigação, mas que uma nova convocação do governador "seria repetição de perguntas e respostas", para não ouvir outras pessoas.

Marconi Perillo está a frente do governo de Goiás pela terceira vez. Ele foi eleito pela primeira vez em 1998, sendo reeleito em 2002. Em 2006, foi eleito senador por Goiás. Voltou a ser escolhido para governar o estado em 2010.

Fonte: G1 Goiás

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Estado

O proprietário do Escritório Rezende, o senhor Celso Soares Mendonça, de 60 anos, e sua neta Julia Campos de Mendonça Resende, de 5 anos, faleceram em um trágico acidente de trânsito no início da noite desta sexta-feira (13), por volta das 18h.

O contabilista estava na direção de um Gol, seguindo em sentido Alto Taquari, e acabou se chocando com um Caminhão de transporte de combustível, que vinha em sentido contrário. Pela violência da batida, deduz-se que as vítimas morreram na hora. O veículo ficou partido ao meio, totalmente desfigurado.

O acidente ocorreu no quilômetro 107, da GO-341, já nas proximidades da divisa de Goiás, com Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. No local, há obras recapeamento, o que exige o devido cuidado dos condutores, em um trecho que transita diariamente diversos caminhões.

Celso era referência na área contábil mineirense e deixa a nossa sociedade profundamente triste com este acontecimento. A Rádio Eldorado manifesta, neste momento de dor, as nossas condolências à família enlutada.

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

 

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

Kawan Sarasse Rosa, de 7 anos, e Dílson Sarasse Rosa, de 34 anos, não resistiram aos ferimentos e acabaram falecendo ainda nesta terça-feira (10). Pai e filho eram os ocupantes do Corsa Sedam que se acidentou na tarde de ontem na BR-364 (Clique aqui e saiba mais).

Clique aqui e veja as fotos do acidente

Ambos haviam sofrido traumatismo craniano e várias contusões e escoriações. Eles haviam sido encaminhados aos hospitais São Lucas e das Clínicas Dr. Neves, respectivamente.

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

 

 

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida em um acidente na BR-158, próximo ao Córrego Dantas, a 60 km de Jataí, no sábado (7). De acordo com o Corpo de Bombeiros, com o impacto, duas pessoas que estavam no caminhão foram arremessadas para fora. O motorista, 35 anos, foi levado em estado grave para o hospital em Jataí e foi liberado. Já uma adolescente de 17 anos morreu na hora.

O caminhão saiu de Uberaba (MG) com destino a Canarana (MT) carregado com 50 toneladas de adubo. Ao passar por uma curva, o motorista perdeu o controle do veículo e caiu em uma ribanceira. Com a batida, a barra de proteção da rodovia foi arrancada e a carga ficou espalhada. A carreta tombou várias vezes e ficou destruída.

O trecho onde aconteceu o acidente é uma descida acentuada. Mesmo com o perigo, muitos motoristas passam pelo local em alta velocidade. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista precisa redobrar a atenção e diminuir a velocidade. “Principalmente um veículo de grande porte carregado, que ganhar certa velocidade, não vai conseguir segurar o veículo nessa curva. Consequentemente, por estar a uma velocidade incompatível com o local, poderá ocorrer uma saída de pista”, orienta o policial rodoviário federal Valtuir Gomes.

Fonte: G1 Goiás

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Região

Um acidente de trânsito na manhã desta segunda-feira (9), por volta das 8h, deixou uma vítima fatal na BR-364, nas proximidades do Posto 71. Segundo informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que enviou uma unidade de atendimento ao local, um caminhão teria colidido com um ônibus que presta serviços à empresa ETH.

O SAMU informou que ao chegarem ao acidente, o motorista do caminhão, senhor Abdon Gomes Carrijo, de 73 anos, também conhecido como 'Peleguinho', já havia sido transportado por terceiros e encaminhado ao Hospital Municipal. Ele já teria chegado em óbito ao estabelecimento, vítimado por um ataque cardíaco. Os ocupantes do ônibus não se feriram, segundo o SAMU.

O curioso, é que assim que houve o acidente, Abdon ainda teria ido ao ônibus perguntar se os passageiros estavam em segurança. Segundo os funcionários da ETH, o senhor aparentava estar bem.

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

O comentarista esportivo Valério Luiz, filho do também comentarista esportivo Manoel de Oliveira, conhecido como Mané de Oliveira, foi assassinado, na tarde desta quinta-feira (5), quando saída da rádio onde trabalha, no Setor Serrinha, em Goiânia. Segundo informações preliminares da Polícia Militar (PM), uma moto se aproximou e disparou seis tiros contra a vítima.

Ele chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A PM acredita que a morte pode ter sida motivada por um possível desafeto.

Testemunhas que preferiram não se identificar disseram que ele recebia ameaças de morte. Mané de Oliveira chegou ao local do crime minutos depois do assassinato e afirmou que sabia quem era o autor do crime: “Mataram meu filho, eu sei quem foi que mandou matar meu filho. Porque ele está fazendo isso comigo?”.

Fonte: G1 Goiás

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Esportes

Um idoso de 64 anos morreu após perder o controle da moto que pilotava na BR-364, nas proximidades de Mineiros, na noite de terça-feira (3).

De acordo com informações da Funerária Real Pax de Mineiros, a vítima fatal é Fernando Maria de Oliveira, morador de Santa Rita do Araguaia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o aposentado estava voltando de uma chácara, mas não percebeu parte de um pneu sobre a pista e passou por cima dele.   

A PRF informou que o homem se assustou com o objeto no meio da rodovia e acabou perdendo o controle da motocicleta. Ele capotou às margens da rodovia. Segundo a polícia, a vítima teve o pescoço quebrado e morreu na hora.

Fonte: G1 Goiás

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

 

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

A 3ª reconstituição da chacina que resultou na morte de sete pessoas (Clique aqui e entenda o caso) em uma fazenda de Doverlândia, no dia 29 de abril deste ano, está marcada para 9h de sexta-feira (29). A nova fase contará com a participação de cinco testemunhas que estiveram na propriedade no dia do crime.

“A gente quer caracterizar ou não a participação de outras pessoas nas mortes. O fato já teve duas reconstituições e o Aparecido [Aparecido de Souza Alves, principal suspeito da chacina] contou como executou o crime. Ele afirmou que fez tudo sozinho e até hoje nunca surgiu nada de concreto que aponte a participação de outras pessoas”, declarou o delegado responsável pelo caso, Ronaldo Pinto Leite, do município de Iporá.

Testemunhas
A principal testemunha da chacina é um adolescente de 14 anos. Ele é filho de uma das vítimas, o vaqueiro da fazenda onde aconteceu o crime, e estava no local quando quatro membros de uma família amiga do fazendeiro chegaram para uma visita e também foram mortos.

Segundo relatos da Polícia Militar, na época dos crimes, o garoto só não acompanhou o pai e os visitantes à sede da fazenda, onde as mortes aconteceram, porque dois cavalos começaram a brigar no pasto e ele foi apartar os animais. Além do adolescente, está prevista a presença da mãe dele, de um sobrinho do dono da fazenda, de uma irmã do dono da fazenda e do marido dessa mulher.

Segundo o delegado Ronaldo Pinto, a mãe do garoto estava em uma casa próxima ao local do crime e presenciou algumas cenas. As outras testemunhas foram as primeiras a ver os corpos. “As outras testemunhas estavam na fazenda ao lado e chegaram no final. Foram os primeiros a ver os corpos. Elas contam que foram perseguidas pelo Aparecido e fugiram usando uma moto e um carro. O Aparecido teria ido atrás deles de moto”, revela o delegado.

As testemunhas estão em Iporá e seguirão acompanhadas da Polícia Civil para Doverlândia. O delegado de Iporá e o investigador da Delegacia Regional seguirão em um carro e peritos da Polícia Técnico Científica em outro. A reconstituição está prevista para terminar às 14h. Policiais militares da cidade onde aconteceu o crime também participarão.

Queda helicóptero
Todos envolvidos nesta terceira fase seguirão para o local do crime por via terrestre, pois o helicóptero que pertencia à Polícia Civil caiu no município de Piranhas, quando retornava da segunda fase da reconstituição, no dia 8 de maio. As outras duas aeronaves da Segurança Pública de Goiás - do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar - ficaram paradas para revisão por um mês e dez dias.

Por causa da tragédia, as investigações do caso foram interrompidas. Na queda, morreram o superintendente da Polícia Judiciária de Goiás, o delegado Antônio Gonçalves Pereira dos Santos; os delegados Bruno Rosa Carneiro, Osvalmir Carrasco Melati Júnior, Jorge Moreira da Silva e Vinícius Batista da Silva; os peritos criminais Marcel de Paula Oliveira e Fabiano de Paula Silva; além do principal suspeito do crime, Aparecido de Souza Alves, de 22 anos.

Parte do inquérito original com informações sobre as duas primeiras reconstituições foi perdido. “Agora vamos usar os elementos que serão trazidos pelas testemunhas. Depois, a perícia vai analisar documentos relacionados às três reconstituições e tentar fazer uma possível sequência de fatos”, afirmou Ronaldo Pinto.

Ele também explicou que estão sendo trabalhadas algumas linhas de investigação, mas que, por enquanto, não há suspeitos concretos. A delegada-geral da Polícia Civil de Goiás, Adriana Accorsi, informou, na tarde desta quinta-feira, que não vai participar da 3ª reconstituição e que a apuração dos fatos está somente sob responsabilidade do delegado Ronaldo.

Principal suspeito

Convidado por Adriana Accorsi, o psicólogo Leonardo Faria começou a traçar o perfil de Aparecido Souza Alves, dias antes da queda do helicóptero. “Muito calmo e centrado”, definiu na época o psicólogo, que atua na área criminalística há nove anos.

"A história de vida do sujeito até os dez, doze anos é importantíssima para a gente analisar se ele já vinha trazendo lá de trás uma característica ou um traço que iria levá-lo a um transtorno de psicopatia em fase adulta”, avaliou o psicólogo.

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook


K2_PUBLISHED_IN Polícia

A funcionária da Prefeitura de Santa Rita do Araguaia, Ráila Leal Carvalho, de 27 anos, morreu nesta quinta (14) após duas parada cardiorrespiratória, durante uma cirurgia de lipoaspiração, em Jataí. Segundo informações, o corpo de Ráila será velado na Igreja Assembléia de Deus de Santa Rita do Araguaia.

Ráila era bastante conhecida na cidade de Santa Rita do Araguaia, como desportista sempre participava das competições de futsal feminino realizadas no município. Ráila é irmã dos jogadores Ranimar e Betinho, filhos do também desportista Saulo Leal. A morte de Raila causou uma grande comoção nas cidades de Santa Rita do Araguaia, Alto Araguaia e em toda a região. Ráila deixou dois filhos.

Fonte: site andredafm.com.br

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Região