1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Diogo Luiz Sena, de 23 anos, é mais uma vítima de assassinato esta semana. O crime ocorreu por volta das 2h30 da madrugada de hoje (11). Moradores próximos do local do crime ouviram disparos de arma de fogo e ligaram para a polícia.

Os policiais militares, soldados Cláudio e Adão foram ao local e encontraram “Neguinho”, como era conhecido, caído no chão agonizando. Os policiais ainda acionaram o SAMU, mas não pôde fazer nada, pois o jovem já havia morrido. O crime ocorreu na Avenida Beija Flor, Bairro Dom Miguel, em Rio Verde (GO). 

O delegado Alexandre Câmara e o agente José Junior do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) estiveram no local, colheram informações sobre o jovem e estão investigando o caso. Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) deslocou ao local para realizar perícia e recolher o corpo, que está à disposição dos familiares. Segundo a polícia, Neguinho era usuário de drogas.

Rádio Eldorado, com informações do site plantaopolicialrv.com.br

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook


K2_PUBLISHED_IN Polícia

Os dois suspeitos presos em Mato Grosso por suposto envolvimento na morte do aposentado Cirilo Alves da Mota, de 87 anos, avô do volante do Flamengo, Michel Lorran, devem responder por latrocínio (roubo seguido de morte). O idoso foi assassinado após ser vítima de estrangulamento no dia 3 dezembro deste ano na cidade de Barra do Garças, a 284 quilômetros de Mineiros. O inquérito aberto pela Polícia Civil deve ser concluído no início do próximo ano.

Segundo a polícia, a primeira suspeita presa confessou, em depoimento, ter roubado e estrangulado o aposentado até a morte. O marido dela foi preso dias depois na cidade de Primavera do Leste, também por suspeita de ter colaborado com o crime, mas ele negou qualquer participação. Os dois estão presos na cadeia pública do município.

O corpo do aposentado de 87 anos foi encontrado com marcas de estrangulamento dentro da casa dele. O corpo foi achado dentro do quarto pelo filho da vítima, Cleomar Araújo da Mota, que é pai do jogador Lorran. Segundo Cleomar, o aposentado acompanhava quase todos os jogos do Flamengo, time do coração, e foi sepultado com a camisa do rubro-negro carioca. O jogador lamentou muito a morte do avô.

Cleomar confirmou que a mulher suspeita teria furtado um cartão de aposentadoria do idoso um dia antes do crime, e que ela foi vista por vizinhos saindo da casa da vítima no dia do assassinato. “É um absurdo pensar que uma mulher fez um crime desse. A família ficou chocada”, comentou o filho da vítima.

Fonte: G1 Mato Grosso

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook


K2_PUBLISHED_IN Polícia

Na madrugada de sábado (24), por volta de 5 horas. Elton Carmo dos Santos, 29 anos, estacionou sua moto e, de acordo com informações da polícia, quando ele teria descido da moto, apareceram dois homens em um gol branco e o alvejaram com diversos disparos.

A vítima ainda teria corrido por alguns metros. Mas os assassinos o atropelaram. Mesmo ferido, ele teria conseguido correr novamente e caído depois. Os bandidos o seguiu e o executou em definitivo. Segundo a perícia, Elton teria sido assassinado com aproximadamente 10 disparos.

O crime aconteceu em Rio Verde (GO), Rua 13, Vila Amália. A polícia foi chamada e fizeram vários patrulhamentos pela região, mas os bandidos não foram localizados. No local, os policiais encontraram cápsulas de pistola calibre 380 e pistola calibre ponto 40. Uma equipe do Grupo de Homicídios (GIH) foi ao local e irá investigar o caso. O corpo foi conduzido ao Instituto Médico Legal (IML).

No bolso da vítima a equipe do IML encontrou uma porção de maconha. A polícia acredita que Elton estava traficando e teria sido vítima de uma emboscada.

Rádio Eldorado, com informações do site plantaodepoliciajti.blogspot.com

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Polícia

A juíza Ana Graziela Corrêa, titular da Comarca de Alto Araguaia (MT), condenou Lucian Pereira a 23 anos de prisão. A sentença saiu no dia 30 de novembro. Ele foi condenado por assassinar o taxista Sidney Constantino Ribeiro.

Relembre o caso:
Sidney desapareceu no dia 22 de junho de 2011 e, desde então, familiares, amigos e a polícia deram início a uma ampla busca pelo taxista. No início foi encontrado o seu veículo escondido numa casa na cidade Vila Bela da Santíssima Trindade – MT, divisa com a Bolívia, onde foram presas duas pessoas – Andrelino Lima com o carro e Agnaldo da Silva (Pretinho da Vila) com os equipamentos de som.

Lucian, 22 anos, preso após 14 dias, confessou o crime e levou a polícia até o local onde estava o corpo do taxista. O cadáver foi encontrado e removido de um matagal próximo a Fazenda Graciosa, entrada da Fazenda Ranchinho. A Polícia concluiu que Sidney foi vítima de latrocínio, morto a golpes de facas e jogado às margens de uma estrada com seu veículo roubado.

Segundo o autor do crime, um dia antes do homicídio, Lucian viu Sidney em um bar com uma grande quantia em dinheiro, sendo esse o motivo primeiro do crime. Logo após ver a beleza do carro de Sidney, o criminoso decidiu então matar a facadas o taxista a fim de ficar com o veículo.

Fonte: Site andredafm.com.br

K2_PUBLISHED_IN Região

Um presidiário de 28 anos foi assassinado a golpes de arma branca dentro do Centro de Inserção Social (CIS), no domingo (27), em Rio Verde.

Segundo a polícia, ele foi morto durante o banho de sol e o horário de visitas dos detentos e o corpo foi encontrado embaixo de uma das camas da cela.

De acordo com delegado Alexandre Câmara, a vítima tinha várias perfurações por todo o corpo. “Ele estava com as pernas amarradas, nu, amordaçado e com várias perfurações, provavelmente feitas com uma faca.”

Segundo a polícia, no momento do crime havia dois agentes carcerários de plantão e um inquérito será aberto para investigar a morte do detento. Três companheiros de cela foram encaminhados para a delegacia para prestar depoimento. “Ninguém assumiu a autoria. Eles disseram que não estavam na cela e sim no banho de sol”, conta o delegado.

A arma usada no crime ainda não foi encontrada e durante uma conferência de celas, os agentes perceberam que dois presos fugiram. A suspeita é de que a dupla pode ter aproveitado o momento em que todas as atenções estavam voltadas a esse assassinato.

Fonte: G1 Goiás

 

K2_PUBLISHED_IN Região

Vagner Oliveira Lima, de 40 anos, foi preso por volta das 4 horas desta quinta-feira (17), numa fazenda a 110 quilometros de Alcinópolis. Segundo o delegado Camilo Cavalheiro Kettenhuber, Lima confessou ter matado Sebastião Nazarett Lopes, de 48 anos, na noite de domingo (13), numa residência no centro de Alcinópolis, cerca de 204 Km de Mineiros.

Para golpear a cabeça da vítima, o autor usou uma enxada, pedaços de um banco de madeira e tijolos. A Polícia Civil investigava o caso desde a manhã desta quarta-feira (16), quando o corpo foi encontrado em adiantado estado de putrefação.

De acordo com o delegado, Lima confessou que matou Lopes por conta de dívidas. Há cerca de um mês, a vítima teria alugado um quarto no valor de R$ 120,00 o autor. Mesmo com o valor pago, Lopes não permitiu que Lima ficasse no imóvel, mas também não fez a devolução do dinheiro.

No decorrer da semana passada, a vítima teria vendido um cachorro que pertencia a ex-convivente, sem a autorização da mesma, no valor de R$ 30,00 para o autor. Ao saber do acontecido, a mulher foi em busca do cachorro e o pegou de volta. Então, na noite do último domingo, Lima foi até casa de Lopes para ter o reembolso do valor pago pelo cachorro. Se recusando a devolver a quantia, os dois entraram discussão e em luta corporal.

Conforme Kettenhuber, o autor contou com frieza detalhadamente como matou Lopes, não demonstrando estar arrependido em nenhum momento. Lima já tem passagem pela polícia, também por homicídio. O delegado irá pedir a prisão preventiva do autor, que será transferido para a cadeia pública de Coxim e, provavelmente, deve ir a júri popular.

Fonte: O Correio News

 

K2_PUBLISHED_IN Região

A polícia prendeu no final da tarde de quinta-feira (8) o terceiro suspeito de matar um empresário de 25 anos em Caçu, a 219 Km de Mineiros. Ele foi encontrado em uma cerâmica da cidade. Segundo a polícia, o suspeito, de 27 anos, teria dirigido a caminhonete com a vítima até o local do crime.

De acordo com a polícia, os três suspeitos de participarem do assassinato do rapaz já estão presos. Entre eles, o irmão da vítima, que teria matado o empresário por não aceitar o sucesso financeiro dele: “O irmão era inconformado com o sucesso do empresário e resolveu matá-lo. É um crime que choca não só a comunidade de Caçu, mas toda a região”, lamenta o major David Pires.

O corpo do empresário estava desaparecido há uma semana e foi encontrado boiando em um ribeirão entre as cidades de Jataí e Aparecida do Rio Doce, no Sudoeste Goiano. Segundo a polícia, o corpo estava em avançado estado de decomposição e preso em uma pedra e um saco plástico, próximo a uma ponte. Em uma árvore foi encontrado um par de luvas que a polícia acredita que possa ter sido usado no crime, além de um tênis.

O delegado responsável pelas investigações, Elexandre César, disse que vai pedir a reconstituição do crime.

Fonte: G1 Goiás

K2_PUBLISHED_IN Polícia

João Carlos Rezende de Moraes, de 29 anos, soldado do Corpo de Bombeiros, era de mineiros, mas atualmente exercendo a sua profissão na capital.

De acordo com a Polícia Militar, o soldado chegava a sua residência quando foi abordado por um indivíduo em uma moto que efetuou disparos contra a vítima.

A polícia descarta a possibilidade de tentativa de roubo.

K2_PUBLISHED_IN Região

No dia 09 de Outubro, em uma tarde de Domingo, ás 16h, dois homens se desentenderam e um deles foi morto, ferido por uma faca. O fato aconteceu dentro da residência da vítima, na cidade de Alto Araguaia, na Rua Laura Vicunã, Bairro São Francisco.

A Polícia Militar do 15º Batalhão de Alto Araguaia foi acionada e ao fazer buscas nas imediações da cidade, encontrou Agnaldo Cardoso da Silva na residência de seu primo Reginaldo Rodrigues da Silva. Agnaldo estava sentado tranquilamente em uma cadeira.

A vítima foi identificada como Divino Francisco Ferreira de 59 anos de idade, natural de Itarumã-GO, também residente em Alto Araguaia. Ele foi levado para o Hospital Municipal, mas não resistiu à facada e morreu antes de chegar ao atendimento. O homem que provocou a morte de Divino tem 41 anos e é natural de Guiratinga-MT, filho de Abel Fernando da Silva e Lucinda Cardoso da Silva.

Agnaldo foi levado para a Delegacia para serem tomadas as providências necessárias a respeito do acontecimento.

K2_PUBLISHED_IN Região
Página 3 de 3