1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

As inscrições para o Processo Seletivo Simplificado da Prefeitura de Rio Verde começam no dia 08/03 às 8h e terminam  no dia 12/03 às 18h, o edital conta com mais de 1 mil vagas para cargos públicos, divididos em 78 cargos. As  inscrições devem ser efetuadas através do site, www.rioverde.go.gov.br.

 

As vagas devem ser preenchidas no decorrer de 2021/2022, com prazo contratual de no máximo um ano  e prorrogação por mais um ano. O processo avaliativo segue como análise do currículo e experiência profissional, sendo classificado aqueles que atenderem as exigências do edital.

 

A pontuação será contada de acordo com a experiência profissional na área de atuação, experiência profissional específica na administração pública e títulos e cursos realizados na área de atuação. Depois de classificado no resultado preliminar, o candidato deve fazer o exame admissional e verificar sua aptidão para a função.

 

O resultado do processo seletivo será divulgado no mural da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão no site www.rioverde.go.gov.br no dia 15 de abril desse ano.

 

Fonte: Olha Goiás

K2_PUBLISHED_IN Região

O Decreto n° 768/2021 que impõe novas medidas restritivas para o combate da pandemia de Covid-19 em Rio Verde foi publicado, no início da tarde desta terça-feira (2) e entrará em vigor na quarta-feira, 3 de março, com duração de 14 dias, se encerrando em 16 de março.

 

As alterações de funcionamento foram elaboradas, em especial, para os bares, lanchonetes, restaurantes, distribuidoras de bebidas, arenas esportivas, clubes recreativos, academias, galerias, shoppings e organizações religiosas. Os estabelecimentos que descumprirem a normativa estarão sujeitos ao pagamento de multa e ficarão suspensos pelo prazo de 15 dias.

 

Aqueles estabelecimentos que forem interditados só poderão ser reabertos após o encerramento do prazo de 15 dias, mediante autorização do Poder Público e se forem atendidas as determinações do atual Decreto n° 768/2021, do Decreto n° 1.153/2020 e das Notas Técnicas do Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES-RV). A multa administrativa aplicada aos locais que infringirem as novas regras será de R$ 5.000,00, e em caso de reincidência, R$ 10.000,00.

 

Os bares, lanchonetes e restaurantes, como já informado anteriormente, deverão encerrar suas atividades até às 21h e só poderão funcionar com 30% de sua capacidade de lotação, exceto aos casos de delivery e drive thru, que poderão operar até às 23h. O funcionamento de distribuidoras de bebidas também foi modificado, e será de 7h às 21h.

 

Mudança ainda no horário dos clubes recreativos, que deverão funcionar de 5h às 17h com limitação de 30% da capacidade, e no funcionamento das arenas esportivas e academias, que além de atenderem com limite máximo de 30% da capacidade, não poderão realizar qualquer atividade estranha à esportiva, ou seja, não poderão vender alimentos e/ou bebidas, alcóolicas ou não.

 

As organizações religiosas terão permissão para realizarem seus cultos, celebrações e reuniões coletivas, desde que apenas em 2 dias da semana, com no máximo 2 reuniões a cada dia de somente 1 hora de duração fazendo um intervalo mínimo de 2 horas entre uma reunião e outra, respeitando o limite máximo de 30% da capacidade de lotação.

 

Os shoppings e galerias deverão encerrar suas atividades às 21h e deverão atender o limite máximo de 30% da capacidade de lotação do ambiente. O comércio em geral e as atividades de prestação de serviços permanecerão funcionando, mas seguindo estritamente os regramentos sanitários impostos pelo COES-RV.

 

Ainda foram lançadas novas Notas Técnicas, disponíveis no site da prefeitura de Rio Verde, para os condomínios, shopping center, celebrações religiosas, clubes recreativos, quadras e arenas, restaurantes e bares e academias, apontando todas as especificidades que cada área deverá seguir.

 

Seguindo a proibição de qualquer forma de evento em que ocorra aglomeração de pessoas e realização de festas, mesmo que domiciliares, determinada pelo Decreto, a Nota Técnica referente aos condomínios veda o uso de churrasqueiras, quiosques e salão de festas, além de especificar o funcionamento das áreas comuns, de uso exclusivo para moradores, que farão agendamento para utilizar a piscina, o mezanino e a academia.

 

Fonte: Jornal somos

K2_PUBLISHED_IN Região

Durante Mobile World Congress (MWC) Shanghai 2021, a maior exposição mundial da indústria de telefonia móvel, governador Ronaldo Caiado foi convidado para o webinar “Conectados para a Prosperidade Compartilhada: o Mecanismo Econômico Digital Essencial”, ele apresentou o painel sobre a agricultura de precisão e destacou os próximos projetos para ampliar a conectividade em solo goiano.

 

A implantação da rede 5G voltada para o agronegócio, em caráter experimental, em Rio Verde foi citada pelo governado para representantes de 20 país .  O projeto é realizado pela Secretaria-Geral da Governadoria (SGG) em parceria com a Huawei, que forneceu os equipamentos, e a operadora Claro, que disponibilizou a conectividade. 

 

“O que mostramos em Rio Verde é um divisor de águas para o agronegócio”, afirmou o governador Ronaldo Caiado.

 

Em parceria com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), o Estado leva conectividade a lugares mais carentes e distantes dos principais centros urbanos como comunidades quilombolas, indígenas e outras de difícil acesso.

 

Com os novos investimentos, Goiás trabalha para ser o Estado mais agrotecnológico da América Latina, segundo o governador Ronaldo Caiado.

 

Fonte: Secretaria de Comunicação e Secretaria-Geral da Governadoria - Governo de Goiás

K2_PUBLISHED_IN Estado

Um idoso de 66 anos foi resgatado de uma fazenda onde trabalhava em situação análoga à escravidão há 15 anos, em Rio Verde, no sudoeste de Goiás. A porteira era trancada com cadeado, e ele dormia em um alojamento improvisado, sem comida suficiente. O idoso tinha dificuldade para andar e tinha a coluna curvada em quase 90°.

 

Durante a Operação Resgate, realizada em todo o país entre os dias 18 e 28 de janeiro, também foram resgatados 27 trabalhadores em situações parecidas em uma fazenda de cultivo de laranja em Caldas Novas, no sul do estado. Já em Cristalina, no Entorno do Distrito Federal, foram seis pessoas resgatadas. Os nomes dos responsáveis não foram divulgados.

 

O idoso resgatado em Rio Verde vivia isolado em uma fazenda arrendada para pastagem de gado, sem poder sair, pois não tinha a chave do cadeado da porteira. Vizinhos iam ao local eventualmente para levar comida para ele.

 

De acordo com a fiscalização, ele dormia em uma cama de madeira com um colchão em péssimo estado. A água que o trabalhador bebia não era tratada e vinha de uma mina.

 

O idoso contou à equipe de fiscalização que trabalhava das 7h às 17h, aproximadamente, e não recebia um salário regular. O dono da fazenda o repassava cerca de R$ 200, eventualmente.

 

Após ser resgatado, o idoso foi levado para a casa de parentes na mesma cidade. Ainda esta semana deve acontecer uma audiência para que seja definido o pagamento de todos os benefícios trabalhistas para o trabalhador.
 

Em todos os casos, foram feitas autuações para que as pessoas em situação análoga à escravidão recebam seus direitos trabalhistas.

 

 

Fonte: G1 Goiás

K2_PUBLISHED_IN Região

Rio Verde, localizada no sudoeste Goiano é a quinta cidade que mais gerou empregos formais no Brasil no primeiro semestre de 2020. A informação é do Ministério da Economia. Segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), o município tem um saldo positivo de 1.869 postos de trabalho, uma variação relativa de 3,51% nos seis primeiros meses do ano.


Puxado pela edificação da segundo maior plataforma multimodal da Ferrovia Norte-Sul do País, a construção foi o setor que mais gerou vagas: 3.342 contratações para 1.379 desligamentos. Agropecuária, Indústria e Serviços também tiveram saldo positivo. Apenas o comércio teve déficit, registrando 368 postos a menos.


O prefeito Paulo do Vale recebeu a classificação como um forte indicativo de que o município reúne todas as condições para superar mais rápido a crise gerada pela pandemia. A partir do próximo semestre, com o funcionamento da Plataforma Multimodal em Rio Verde, outros milhares de empregos serão gerados. Graças ao Programa Municipal de Desenvolvimento Econômico (Proden-RV), 70% das vagas são destinadas a moradores da cidade.

 

Fonte: Prefeitura de rio Verde

K2_PUBLISHED_IN Região

Um homem foi preso dirigindo embriagado, na tarde desta quarta-feira (6), na BR-060, em Rio Verde. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista estava transportando 13 toneladas de palha de arroz em um caminhão que saiu de Anápolis e tinha como destino Mineiros.

 

Motorista Donizete Monteiro de Oliveira                                     (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

motoristaembriagado

O condutor estava visivelmente alcoolizado e o teste do bafômetro apontou 1,09 mg de álcool por litro de ar expelido. Ainda segundo a PRF, quem fez a denúncia, foi o patrão do motorista, que após uma ligação, percebeu que o acusado estava embriagado. O condutor foi levado para o Distrito Policial do município.


Fonte: GoiasNet
Adaptação: Rádio Eldorado/Eduardo Candido

 

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

O Corpo de Bombeiros de Rio Verde levou 12 horas para controlar um incêndio na zona rural da cidade. Segundo a corporação, as chamas foram tão altas que chegaram à copa das arvores e atingiram uma área de cerca de dois alqueires. De acordo com funcionários da fazenda, o incêndio pode ter sido provocado.

Doze homens do corpo de bombeiros usaram cerca de 20 mil litros para tentar controlar o fogo, mas o vento e a vegetação seca dificultaram o trabalho. Três tratoristas se revezaram para abrir aceiros e impedir a passagem das chamas.

Todo o esforço foi para evitar que o fogo chegue em todo o mato seco e se alastre por toda esta área chegando até aqueles pontos de Áreas de Preservação Ambiental (APP), inclusive com duas nascentes. As APPs têm a função de preservar a qualidade dos recursos hídricos, evitar a erosão e manter a biodiversidade do solo.

“O principal objetivo é proteger as fazendas vizinhas para não pegar outra mata”, diz o tenente Gladson Silva.

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Região

Parte da construção da Ferrovia Norte-Sul está embargada em Rio Verde, no sudoeste de Goiás, por determinação do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Além da paralisação das obras, o órgão ambiental aplicou uma multa de R$ 7 milhões a Valec, estatal responsável pela obra, e às empresas que fazem parte do consórcio.

De acordo com Ibama, o traçado original da ferrovia foi alterado sem licença ambiental para fazer a mudança. O trecho interditado tem quase cinco quilômetros.

O principal motivo da alteração do percurso é reduzir o tamanho de uma ponte sobre o Rio Preto. Desde que a obra foi paralisada, o movimento de caminhões, máquinas e operários diminuiu na região.

Um novo canteiro esta sendo instalado na região do Rio Preto e o alojamento onde vão ficar os operários já esta pronto. No local, máquinas trabalham na terraplanagem e na construção de bueiros.

A Norte-Sul ligará o estado com os portos da região sudeste do país. Vão ser quase 700 quilômetros de trilhos até São Paulo. Quando a ferrovia estiver pronta, deve passar por 22 municípios goianos, oito deles só no sudoeste do estado. As obras na região começaram no fim de 2010 e a previsão é que terminem até 2014.

Por nota, a Valec informou que comunicou o Ibama sobre as mudanças no projeto, mas por causa da demora na resposta, a construtora decidiu dar início às obras no trecho. Segundo a assessoria, todos os documentos necessários para a alteração já foram encaminhados ao órgão e aguardam aprovação.

Fonte: G1 Goiás

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Região

O dono de um salão de beleza foi detido suspeito de receptar aparelhos de celulares roubados e revendê-los no estabelecimento, que, segundo a polícia, funcionava como fachada para o negócio ilícito, em Rio Verde, no sudoeste de Goiás.

O comércio simples até então não levantava suspeitas. Com uma câmera escondida, um policial militar foi até o local e se passou por um cliente interessado em comprar um aparelho celular.

“- Você não tá vendendo celular bom aí não, barato?”
“- Barato? Eu compro e vendo o chip”.

O dono do salão ofereceu, então, um telefone para o policial. No local, o Grupo de Patrulhamento Tático encontrou 10 celulares, chips, baterias e quase 40 carregadores. De acordo com a PM, os produtos eram vendidos sem nota fiscal.

A polícia acredita que o comerciante comprava os celulares de usuários de drogas e aproveitava a movimentação dos clientes para revender os produtos.

“A partir do momento que ele está comprando, o usuário está furtando para vender para ele. Eu creio que agora ele deve encerrar o comércio clandestino de compra de celular furtado”, afirma o sargento Wandelan de Moura.

Os policiais também fizeram buscas nas casas dos suspeitos. O dono do salão e o funcionário dele foram presos em flagrante. Os dois foram levados para a delegacia e liberados. Segundo a polícia, eles vão responder por receptação culposa porque ainda não há provas de que eles sabiam que os celulares eram roubados. A pena para quem compra objeto furtado ou roubado pode chegar a quatro anos de prisão.

Fonte: G1 Goiás

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

 

 

K2_PUBLISHED_IN Polícia

Rio Verde recebe no próximo dia 5 a  49ª edição do Seminário do Agronegócio para Exportação (AgroEx) que acontece no Parque de Exposição da cidade. A abertura oficial do evento será  às 8h30 e contará com a presença do secretário da Agricultura, Antônio Flávio Camilo de Lima. O objetivo do seminário é disseminar informações estratégicas visando estimular os agentes do agronegócio goiano e brasileiro a aumentarem a participação no mercado internacional.

No evento serão divulgados os programas do Governo Federal que apoiam a atividade agroexportadora e as estratégias de promoção internacional, bem como as linhas de financiamento às exportações e à integração das cadeias produtivas. Também serão expostas as principais negociações internacionais e a sua relevância para o setor agroindustrial e destacada a importância das questões sanitárias e fitossanitárias para as exportações. Formas de se agregar valor ao produto a ser exportado também serão analisadas.

Realizado pelo Sindicato Rural de Rio Verde, Associação Comercial e Industrial de Rio Verde (Acirv) e a Secretária de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o seminário deve reunir produtores rurais, representantes de cooperativas, associações, sindicatos e da agroindústria além de distribuidores e exportadores.

Representantes de instituições de apoio ao agronegócio e potenciais exportadores do Estado também devem estar presentes no evento, que também vai apresentar casos de sucesso e o passo a passo na exportação do agronegócio.

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Agricultura
Página 1 de 4