1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu nesta semana, na BR-364, um veículo com cerca de 600 kg de carne transportada irregularmente. Os agentes da PRF abordaram o motorista Carlos Fernando Ferreira, de 51 anos, e o passageiro Ricardo Pedro Lotti, de 23 anos, que transportavam 591,48kg de carne sem refrigeração e sem a devida nota fiscal do produto.

A apreensão aconteceu no quilômetro 189, em Rondonópolis (MT), a 305 quilômetros de Mineiros. A ocorrência foi encaminhada para Vigilância Sanitária de Rondonópolis. De acordo com o órgão sanitário, o caso será apresentado ao Ministério Público que poderá processar os envolvidos e penalizá-los com multa de R$ 1000 reais por arroba (15 kg) de carne transportada irregularmente.

Fonte: site AgoraMT

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Polícia

José Givaldo Lúcio de Oliveira, 36 anos, morreu hoje (26) a caminho de um hospital em Mineiros. Ele teria pulado da janela de um ônibus em movimento na BR-364, próximo ao Posto Urtigão. O ônibus vinha de Maceió e seguia à Sapezal (MT). Uma mulher, que seria cunhada de José, também estava no ônibus. Ela seguiu viagem sem ter noção do que ocorreu posteriormente com ele. O Corpo de Bombeiros de Mineiros (6ª CIBM) atenderam a ocorrência por volta das 10h da manhã.  

“Este foi um caso um tanto estranho. Apesar do Corpo de Bombeiros ter atuado com agilidade, infelizmente a vítima não resistiu durante o transporte ao hospital. Lamento profundamente por mais um óbito ocorrido na BR-364”, afirmou consternado o assessor de comunicação da 6ª CIBM, sargento Neves.

A vítima é natural de Murici (AL), e estava indo para Mato Grosso, onde iria trabalhar. Segundo alguns passageiros, o homem, ao cair na pista, ainda teria andado por aproximadamente 10 metros em direção a uma lavoura. Eles disseram que José apresentava, aparentemente, alguns transtornos mentais e que estava praticamente incontrolável durante toda a viagem. Não se sabe o que levou José a pular do ônibus.

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

A BR-364 está parcialmente interditada no km 255 da rodovia, cerca de cinco quilômetros do município de Juscimeira. Somente veículos de passeio estão autorizados a passar pelo trecho danificado.

A rodovia ficou completamente interditada no domingo (8) para que obras emergenciais pudessem ser executadas no local. Veículos de pequeno e médio porte só seguiam caminho por meio de uma estrada rural a poucos metros do km interditado. Caminhões não tinham como seguir. Uma fila de mais de 10 km se formou ao longo da rodovia na tarde de domingo.

O trecho da pista da BR-364 foi danificado pela forte chuva que atingiu a região durante a madrugada de sexta-feira (6). Moradores disseram que o manilhamento não suportou e foi arrastado pela força da enxurrada o que provocou o rompimento total do acostamento da rodovia em ambos os lados. No local foi possível perceber a força da água. Além das manilhas retorcidas, toda vegetação foi arrastada pela enxurrada. Muitos curiosos foram até o trecho interditado verificar o estrago provocado pela chuva.

A pista, segundo um funcionário do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a pista foi interditada por segurança, já que o risco de local se romper totalmente era iminente. Desde a interdição, homens e máquinas trabalham no local. As informações são de que a pista foi parcialmente liberada desde a noite de ontem para passagem de veículos pequenos. Os motoristas com veículos de carga estão seguindo viagem por Campo Verde ou optando pela estrada que dá acesso a Primavera do Leste. A obra de recuperação total da pista pode levar até 15 dias.

Um dos reflexos com a interdição parcial da BR-364 nas proximidades com o município de Juscimeira pode ser percebido no fluxo de caminhões na região Sul do Estado. A BR, conhecida pelo grande fluxo de veículos, está praticamente sem tráfego. Poucos são os caminhões trafegando pela estrada.

O Terminal Ferroviário da América Latina Logística (ALL), concessionária que administra a ferrovia em Mato Grosso, também viu o número de caminhões para descarregar produtos da safra 2010/2011 despencar. Um motorista disse que a redução no tráfego se deve a interdição da rodovia. Segundo ele, motoristas são obrigados a seguir por outras estradas, o que provoca um aumento significativo no tempo de viagem.

Fonte: Site andredafm.com.br

K2_PUBLISHED_IN Região

Um motociclista de 40 anos morreu após ser atropelado por um caminhão na noite de sexta-feira (6), na altura do Km 203 da BR-364, entre Jataí e Mineiros, perto do trevo de Serranópolis (GO).

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) o motorista do caminhão informou aos policiais que o motociclista caiu da moto e acabou sendo atropelado quando estava se levantando.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar os primeiros socorros, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Fonte: G1 Goiás

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Polícia

Considerada uma das rodovias mais perigosas do estado, a BR-364, que liga Goiás a Mato Grosso, registrou nesta semana quatro mortes em acidentes, somente no trecho que corta a cidade de Jataí e Mineiros. E a situação pode piorar porque a expectativa da Polícia Rodoviária Federal (PRF) é de que até segunda-feira (2) o movimento de veículos aumente cerca de 30% na região.

Apesar da rodovia ter sido recapeada há cerca de dois meses, os buracos já começam a aparecer nos primeiros trechos recuperados. Um dos motivos é o tráfego intenso de caminhões e o excesso de carga. Isso acontece porque a via corta uma das maiores regiões produtoras de grãos, o que faz que ela seja utilizada com frequência para o escoamento da safra.

“Já estão se formando novos buracos e, se brincar, daqui a alguns dias a gente não consegue passar mais”, reclama o motorista Antônio Carrijo.

Excesso de velocidade
Para a PRF, a gravidade dos acidentes aumentou depois que a rodovia foi recuperada. O número de feridos neste mês já é 15% maior que no mesmo período do ano passado. O caminhoneiro Rogério Alves reconhece que, com a estrada recuperada, os motoristas estão abusando da velocidade: “Ela é muito cheia de curvas, geralmente nas baixadas. O pessoal exagera na velocidade e é onde acontece muito acidente”.

Quem passa pela BR-364 convive com outros perigos. O mato alto atrapalha a visibilidade dos motoristas e encobre as placas de sinalização. Em alguns trechos não existe acostamento nem nas curvas.

Acidente grave
No início desta semana, dois carros bateram de frente na BR-364, a 15 quilômetros de Mineiros. Um astra com placa de Rio Verde e um voyage de Goiânia colidiram, deixando quatro mortos e três feridos, entre eles uma criança de, aproximadamente, dois anos, que sobreviveu.

Fonte: G1 Goiás

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Região

Uma carreta tombou na BR-364, em uma curva perto de Aparecida do Rio Doce, cerca de 183 km de Mineiros, na tarde de segunda-feira (19). O motorista quebrou o braço e a perna.

Segundo testemunhas, o condutor perdeu o controle depois que foi fechado por outro veículo. O caminhão carregado com carne seguia de Jataí para São Simão. Funcionários de uma empresa fizeram a segurança da carga. O produto foi transportado para outra carreta.

Fonte: G1 Goiás

K2_PUBLISHED_IN Região

A BR-364 foi totalmente liberada hoje (19) de manhã. Uma carreta havia tombado ontem, por volta das 23h30. Ela estava carregada de bagaço de cana, que se espalhou pela rodovia, a qual teve que ser interditada parcialmente.

O Corpo de Bombeiros de Mineiros esteve no local realizando o pronto atendimento a vítima. O motorista saiu ileso e foi encaminhado ao Hospital das Clinicas Dr. Neves. A motorista teria carregado em Mineiros e seguia no sentido Jataí, quando perdeu o controle da carreta e capotou após o Ribeirão dos Ferros.

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

No início da semana, policiais da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam I.A.R., de 34 anos, por embriaguez ao volante e também por corrupção ativa. Ele estava em uma moto honda titan.

Ele seguia na BR-364 e, no km 207, ao ser abordado pela PRF o condutor foi submetido ao teste de etilômetro. Foram acusados cerca de 0,69 MG/L (nível de álcool por litro de sangue), quantidade não permitida na legislação de trânsito brasileira.

De acordo com a PRF, o motorista sacou R$ 300,00 (trezentos reais) de sua carteira e ofertou aos policiais para que o deixasse seguir viagem.

Rádio Eldorado, com informações do site plantaodepoliciajti.blogspot.com

K2_PUBLISHED_IN Polícia

Chuva faz carro capotar na ponte do Córrego Coqueiros, na BR-364, há 5Km de Mineiros. O motorista teria perdido o controle de seu veículo, um Gol prata, que vinha no sentido Alto Araguaia/Mineiros. O carro saiu da sua pista e colidiu com a proteção da ponte, no sentido contrário.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista que se deslocava para Jataí, ao chegar na ponte, aquaplanou e perdeu o controle do veículo. Não houve vítima fatal. O passageiro foi socorrido e está em hospital de Mineiros, com suspeitas de fratura no membro superior. Já o condutor, sobreu apenas escoreações.

Clique aqui e veja mais fotos do acidente

 

K2_PUBLISHED_IN Mineiros
Página 4 de 4