1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Jataí apreendeu 9,3kg de cocaína em ônibus que circulava pela BR-364. A apreensão ocorreu no quilômetro 192 da rodovia, por volta das 9h do último sábado (16/11).


Na ocasião, os agentes da PRF abordaram um ônibus da viação Motta, o qual seguia de Cuiabá (MT) ao Rio de Janeiro (RJ). A equipe da PRF iniciou uma minuciosa busca nos compartimentos superior e inferior do veículo, logrando êxito em localizar uma mala preta, trancada com cadeado, em cujo interior havia uma mochila vermelha contendo nove tabletes de substância com cor, odor e características semelhantes à cocaína.


A mala estava no bagageiro inferior do veículo, com a etiqueta de identificação n.º 33.680. A PRF solicitou ao motorista que apresentasse a Ficha de Identificação de Passageiro (FIP) referente à mala, porém o motorista não localizou o documento, no qual deveria conter a outra via da etiqueta afixada na mala que continha a droga. Os agentes informaram que isso impossibilitou a localização do proprietário do entorpecente.


Mesmo assim, após qualificar o motorista e conseguir a lista de passageiros junto à empresa, o ônibus foi liberado para seguir viagem. Já a mala foi retida e encaminhada com a droga para a Delegacia de Polícia Civil de Jataí, onde foram tomadas as medidas cabíveis.


Mala com drogas (Fotos: Divulgação/PRF)
malacomdrogas

K2_PUBLISHED_IN Região

O motociclista Paulo Correa, 33 anos, faleceu na tarde desta sexta-feira (15/11), no quilometro 230 da BR-364, próximo ao distrito de Boa Vista (MT), em um acidente com uma carreta carregada de madeira.


De acordo com o motorista da carreta, João Borges Inácio, o motociclista seguia no sentido oposto, de Rondonópolis sentido Cuiabá, e repentinamente invadiu a preferencial de modo que colidiu com o veículo que não pode ser desviado em razão da carga transportada. “Não tinha ninguém na via, ele simplesmente jogou a motocicleta para cima da carreta e não pude fazer nada. Foi muito rápido”, declarou João Borges que acredita que o rapaz tenha passado mal.


O agente de Polícia Rodoviária Federal (PRF), J. Costa, explicou que a princípio as informações obtidas condizem com as repassadas pelo motorista, mas que a perícia técnica irá apurar os fatos. O policial observou também que o capacete da vítima foi destruído e que visualmente foi possível observar que a cabeça de Paulo foi esmagada.


Fonte: Agora MT/Jeyson Nascimento

K2_PUBLISHED_IN Segurança

Um caminhão tombou e pegou fogo na madrugada deste sábado (2), na BR-364. O acidente de trânsito ocorreu 10 quilômetros após Alto Araguaia, em sentido a Mineiros, no quilômetro 366 da rodovia. O caminhão seguia de Mato Grosso com destino à São Paulo.


Clique aqui e veja mais fotos do acidente


A equipe de jornalismo da Rádio Eldorado apurou que o motorista teve que quebrar o para-brisa para sair da cabine. Ele não teria ficado gravemente ferido.


Foto: Fitippaldi Soares/André da FM
acidentealtoaraguaia-2-11-2013

 

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

Na madrugada de sábado para domingo (21), por volta 1h30, policiais militares se deslocaram até o distrito de Naveslândia, o conhecido ‘Pombal’, no município de Jataí, para atender a uma denúncia de um suposto homicídio, nas proximidades de um posto de combustíveis às margens da BR-364. Ao chegar ao local, os policiais encontram o corpo estendido em um canteiro central, próximo à rodovia, com varia perfurações de faca.

A vítima foi identificada como sendo Waldson Ferreira da Silva, de 43 anos. A polícia foi informada por Rosivanda Gonçalves Ferreira (ex-esposa de Waldson) que Waldson chegou em Naveslândia procurando por ela e a ameaçando colocar fogo em seu carro. Então, Nivaldo Cabral da Silva (atual esposo de Rosivanda) se apossou de uma faca e, com ajuda de um primo seu conhecido como Ricardo, foi até onde estava Waldison e desferiu várias facadas em seu corpo. Waldison morreu no local.

Segundo testemunhas, após cometerem o crime, os suspeitos do homicídio fugiram em um Uno branco. O Instituto Médico Legal (IML) esteve no local e removeu o corpo de Waldison.

O delegado de polícia civil Marcos Guerini informou que os acusados praticaram o crime de forma premeditada, já que eles haviam tido uma discursão antes. “Nivaldo foi até a casa do pai dele e pegou uma faca. Apoderou do carro do irmão, encontrou-se com seu primo Ricardo e saíram à procura de Waldison. O encontraram no posto de gasolina e começara a agredi-lo de forma covarde, já que eles eram dois contra um. Lá mesmo o assassinaram com vários golpes de faca, na frente dos dois filhos da vítima, sendo duas crianças, uma de seis anos e outra de dez anos de idade”, comentou Guerini.

O delegado disse ainda, que no mesmo dia representou pela prisão preventiva dos dois acusados. Um promotor de justiça, juntamente com um juiz de Jataí, teria se manifestado de forma rápida e favorável ao pedido de prisão preventiva contra Nivaldo e Ricardo. Guerini relatou que houve diligencias no intuito de encontrar os suspeitos, mas eles não foram localizados e estão, até o momento, foragidos.

Fonte: plantaodepoliciajti.com.br/Saulo Prado

K2_PUBLISHED_IN Região

Um acidente de trânsito na BR-364 deixou uma pessoa ferida, neste domingo (20), em Mineiros. Segundo informações do Corpo de Bombeiros (6ª CIBM), um veículo Peugeot 207 capotou, por volta das 18h30, no quilômetro 285 da rodovia, na conhecida ‘entrada do rochedo’.

Clique aqui e veja mais fotos


Por motivos ainda não esclarecidos, o condutor, um homem de 34 anos, teria perdido o controle do carro vindo a capotar. Ele era o único ocupante do veículo. Os bombeiros informaram que o motorista sentia fortes dores nas costas e no braço esquerdo. Ele foi conduzido pela 6ª CIBM a uma unidade hospitalar da cidade.

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

Uma carreta que transportava 79 bezerros tombou na manhã desta quinta-feira (17), na BR-364, próximo a Jataí. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu depois que a carroceria do veículo balançou, fazndo com que o motorista, de 42 anos, perdesse o controle da direção.

Segundo a PRF, o condutor sofreu apenas ferimentos leves e passa bem. Já os animais deverão ser transferidos para outra carreta até o final da tarde desta quinta-feira (17). A Polícia Rodoviária Federal alerta que a terceira faixa do Km 179 está parcialmente interditada por causa do acidente. A via deverá ser liberado após a retirada do veículo do local.

Fonte: G1 Goiás

K2_PUBLISHED_IN Região

Foto: Corpo de Bombeiros de Mineiros (6ª CIBM)

Uma colisão frontal entre um Fiat Siena, com placa de Brasília, e uma picape S-10, com placa de Rio Verde (GO), foi o fim da linha para Gilmar Batista Pereira, de 33 anos. O acidente de trânsito ocorreu na tarde desta sexta-feira (31), por volta das 15h30, no quilômetro 259 da BR-364. Gilmar morreu instantaneamente por conta do forte impacto. O Siena que ele conduzia ficou totalmente destruído.

Clique aqui e veja as fotos do acidente

Na S-10 estava somente o candidato a vereador Irmão Cleinor - Cleinor Vieira de Almeida, de 41 anos - natural de Maurilândia (GO). Ele foi conduzido pelo Corpo de Bombeiros de Mineiros (6ª CIBM) ao Hospital São Lucas. Ele sofreu vários ferimentos pelo corpo, mas felizmente, não corre risco de morte.

De acordo com informações extraoficiais, Gilmar sofria de epilepsia. Uma suposta crise epiléptica pode ter causado o acidente, já que o Siena teria atravessado toda a via contrária e se chocado já no acostamento contra a picape S-10. Além disso, segundo os Bombeiros, no local não há marcas de freio do Siena. Há apenas da camionete.

O sargento Wesley da 6ª CIBM disse à reportagem da Rádio Eldorado que no Siena ainda houve um princípio de incêndio, que foi logo combatido com extintores, por terceiros que passavam pelo local. Gilmar residia em Jataí (GO). Ele era professor e ministrava aulas em uma escola rural da região de Jataí.

A Rádio Eldorado manifesta, neste momento de dor, as nossas profundas condolências à família enlutada.

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

Um veículo que fazia o trajeto Campo Grande-Goiânia, foi abordado por assaltantes na BR-364, próximo a Aparecida do Rio Doce, na madrugada de terça-feira (7). Segundo a polícia, uma quadrilha com pelo menos oito bandidos rendeu os 43 passageiros.

“O veículo foi abordado por uma Fiat Strada com oito elementos, todos armados com revólveres, pistola e arma longa. Uma espingarda, segundo o motorista”, relatou o inspetor da PRF Fábio Losi.

Todos foram levados para uma estrada vicinal, onde um primeiro ônibus com 12 passageiros já tinha sido assaltado. “Eles batiam em quem não dava o dinheiro. Surravam as pessoas, agrediram as pessoas. Eles apagaram as luzes do ônibus, levaram a chave do ônibus. Deixaram a gente trancado lá”, contou a vendedora Edna Lídia.

De acordo com a polícia, 20 minutos depois de ter abandonado o local levando todos os pertences dos passageiros, os assaltantes retornaram para buscar uma bolsa de dinheiros que haviam esquecido.

Fonte: G1 Goiás

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Polícia

A colisão entre duas carretas na ponte do Córrego Água Emendada provocou um congestionamento de proporções gigantescas na BR-364, na manhã desta terça-feira (7). A fila de carros media de ambos os sentidos cerca de seis quilômetros, por conta da interdição parcial da ponte, efetuada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Clique aqui e veja as fotos do acidente

O acidente ocorreu por volta das 10h30, quando um caminhão de cana seguia pela rodovia em baixa velocidade, em sentido Mineiros. Uma das carretas envolvidas na colisão teria reduzido a velocidade bruscamente para não colidir com o caminhão de cana. E com isso, outra carreta que vinha por trás não conseguiu parar, nem desviar e acabou batendo violentamente na traseira da primeira carreta.

Segundo informações da PRF, o motorista do caminhão de cana (que estava à frente) não prestou socorro aos possíveis acidentados e não parou com o intuito de prestar esclarecimentos. Ele teria seguido seu caminho como se nada havia acontecido. “Felizmente, não houve vítimas. Apenas danos materiais”, disse um dos policiais federais, que estava no local registrando a ocorrência e controlando o tráfego.

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

João Paulo Faria Ferreira Adorno morreu na madrugada anterior (clique aqui e saiba mais) após o veículo que ele conduzia invadir a pista contrária e, logo em seguida, colidir frontalmente com um ônibus. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), João não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o automóvel que ele estava era de propriedade de uma cliente da oficina mecânica onde ele trabalhava. O veículo estava na oficina passando por um serviço de polimento cristalizado. 

A PRF disse que o patrão alegou que o carro da cliente foi retirado do estabelecimento sem a autorização dele. Segundo a polícia, o ônibus, com 38 ocupantes, vindo de Porto Velho (RO) com destino a São Paulo (SP), pertence a uma empresa de linhas interestaduais. Nenhum passageiro ficou ferido.

Corpo
Por causa da greve dos peritos do Instituto Médico Legal (IML), a equipe de remoção de corpos não compareceu ao local do acidente e, por isso, uma funerária mineirense foi acionada para fazer o procedimento.

Fonte: G1 Goiás

Siga-nos no Twitter e no Facebook
Twitter - Facebook

K2_PUBLISHED_IN Mineiros
Página 1 de 4